Portal Gaz - Notícias - Esportes - Entretenimento - Santa Cruz do Sul - Vale do Rio Pardo

Gazeta do Sul - Gazeta da Serra - Rádio Gazeta - Gazeta FM - Gazeta AM - Rádio Rio Pardo - Viavale - Fundação Gazeta AgroBrasil

Avalie
10/12/2013 - 20h29

Ponte Preta abre final contra o Lanús no Pacaembu

Serão dois jogos para o time de Campinas fazer história e disputar a Libertadores no ano que vem ou se contentar com mais um vice e apenas a Série B em 2014

Foto: Reprodução

A Ponte Preta começa um dos capítulos mais importantes de sua história nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), quando enfrentará o Lanús pela primeira partida da decisão da Copa Sul-americana. Depois de ter sido rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o time de Campinas se concentra apenas na decisão do torneio internacional.

“Vamos enfrentar uma equipe muito certinha dentro de campo, pois o treinador, Schelotto, trabalha muito essa parte tática e ainda conta com jogadores muito qualificados. Acredito que eles são favoritos neste momento e temos de trabalhar muito essa questão de virar a página do Brasileiro, para nos concentrarmos neste jogo”, afirmou o técnico Jorginho.

Algoz do São Paulo na semifinal da Sul-americana, a Ponte mais uma vez não poderá contar com sua casa neste momento decisivo, já que o estádio Moisés Lucarelli não atende às exigências de capacidade da Conmebol. Em vez de atuar novamente em Mogi Mirim, onde encarou o Tricolor, a diretoria da Macaca escolheu o Pacaembu.

“Depois de vermos toda a paixão da torcida, temos que dar mais ainda. Nós estamos atrás de um objetivo de ser campeão de um torneio internacional, que é o sonho de todos”, declarou o lateral direito Artur.

Mais uma vez, o grande desfalque da Ponte será o meia Adrianinho, suspenso pelo tribunal da Conmebol por conta da expulsão contra o Velez. A Ponte recorreu para tentar colocar o meio-campista em campo, mas não obteve êxito.

Ao contrário da Ponte Preta, o Lanús está em situação muito boa no Campeonato Argentino, brigando pela liderança. Mesmo assim, o clube também tem muita esperança de título na Sul-americana, que seria considerado histórico pela torcida.

Dirigido por Guillermo Barros Schelotto, que fez muito sucesso atuando pelo Boca Juniors, o clube argentino demonstra respeito pela Ponte, apesar do rebaixamento do clube campineiro para a segunda divisão nacional.

“É uma equipe muito dura, que sabe sair bem no contra-ataque e tem jogadores rápidos, podendo desequilibrar”, afirmou o zagueiro Goltz, que completou. “Temos muita expectativa, porque é algo muito importante jogar uma final. Significa muito para nós”, avisou.



Jogador do Lanús considera estilo de jogo incomum da Ponte Preta

O meia Diego González, do Lanús (ARG), está no Brasil para enfrentar a Ponte Preta, pelo jogo de ida final da Copa Sul-Americana, que acontece nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu, mas não espera realmente encarar um time com as características do futebol brasileiro. Para ele, o estilo de jogo da Macaca não segue a tendência do país.

"Não é uma equipe tão brasileira, porque lhe dá o poder de controlar a bola e ficam atrás. Mas, uma vez recuperada, saem muito rápido. Têm dois atacantes que jogam muito bem", declarou o jogador, em entrevista à rádio La Red, reproduzida no Diário Olé.

Sensação do Campeonato Argentino deste ano, o Lanús segue na disputa do título nacional - a equipe atualmente é a vice-líder, a dois pontos do San Lorenzo, primeiro colocado. A boa fase também é comprovada nos números: já são 11 jogos de invencibilidade.

Apesar das boas chances no Argentino, a prioridade do clube é a conquista da Sul-Americana. Tanto é que metade do time foi poupada do jogo do último domingo, diante do Boca Juniors.

Ponte Preta e Lanús começam a decidir a Sul-Americana nesta quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu. Os argentinos tentam o segundo título internacional do clube, já que conquistaram a Conmebol de 1996. A Macaca, por sua vez, vai em busca do primeiro troféu de expressão da sua história.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA X LANÚS

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 4 de dezembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Roberto Silveira (do Uruguai)
Assistentes: Marcelo Costa e Maurício Espinoza (ambos do Uruguai)

PONTE PRETA: Roberto; Artur, César, Diego Sacoman e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Fellipe Bastos e Elias; Rildo e Leonardo
Técnico: Jorginho

LANÚS: Marchesín; Carlos Araújo, Goltz, Izquierdoz e Maximiliano Velázquez; Víctor Ayala, Diego González, Leandro Somoza e Jorge Ortíz; Lucas Melano e Santiago Silva
Técnico: Guillhermo Schelotto



fonte: Gazeta Esportiva
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações