Qualidade de vida em todos os detalhes

12/09/2019 09:54:12
Foto: Divulgação

Cada vez mais próximos, importantes e inseridos no dia a dia dos tutores, os pets hoje fazem parte da família. Porém, por mais que se queira integrá-los às rotinas do lar, é preciso lembrar – e respeitar – o fato de que esses animais são de uma espécie diferente da humana. “Isso faz com que tenham, também, necessidades diferentes e que precisam ser consideradas e atendidas para que o bichinho seja feliz e saudável”, alerta a proprietária da Quintal Animal Pet Care, Melissa Assmann.

Os cães, por exemplo, no convívio intenso com os humanos e na falta de oportunidade de exercerem seus comportamentos naturais, acabam perdendo sua funcionalidade, ficam desequilibrados, desaprendem hábitos instintivos, principalmente, quando limitados dentro de locais como um pequeno apartamento urbano. Por isso, é importante conhecer, entender, estimular e dar vazão às necessidades basilares da espécie para garantir a qualidade de vida dos pets. E, para isso, Melissa destaca alguns detalhes cotidianos importantes que são prioridade na sua atividade e que devem ser observados por todos.

ALIMENTAÇÃO
Já é sabido que os cães precisam de uma alimentação específica para eles, jamais compartilhar das refeições de seus tutores. Conhecer as opções tanto de rações quanto de pestiscos, buscar informação e escolher os mais adequados é tarefa dos tutores e pode fazer toda a diferença na saúde e bem-estar do pet.

Foto: Divulgação

EDUCAÇÃO
O cão precisa ser educado e socializado e, ao mesmo tempo, estimulado a manter suas características e desenvolver habilidades. Isso depende de uma condução consciente e adequada desde os primeiros meses de vida, além de estimulação com atividades e brinquedos. “Um Day Care Educativo trabalha e socializa os cães para melhorar seu comportamento também em casa, numa modelagem comportamental baseada no Método Positivo de Educação Canina, sempre respeitando as necessidades e capacidades de cada cão”, explica a parceira da Quintal, Sabrina Goulart Brião.

BANHO E TOSA
Higiene é fundamental para a saúde e bem-estar dos pets. Mas, além de produtos adequados, para não causar estresse, precisa ser dado por um bom profissional e com atenção exclusiva. “Deixar o pet apertado em gaiolas não específicas para o seu tamanho e colocar mais de um animal junto na banheira são práticas que podem fazer o pet ficar agitado, agressivo ou assustado. A Josi, proprietária deste serviço aqui, tem dom para banho o tosa. Os cães sempre saem felizes e os que já a conhecem vêm tomar banho superdispostos.”

Foto: Divulgação

INTERAÇÃO
Os cães são animais extremamente sociais, precisam de interação. Então, precisam de convivência saudável com pessoas e com outros animais. “Os que vêm para o day care latem, pulam, brincam juntos. A interação com outros cães e pessoas faz muito bem.”

Foto: Divulgação

ATENÇÃO DIÁRIA
Quando o tutor se ausenta de casa por um ou mais dias, deixar uma porção de ração e de água não é o suficiente. O animal sente falta das atividades diárias e da companhia a qual está acostumado. Por isso, optar por hospedá-lo em local especializado ou contratar os serviços de home care (PetSitter) são ideais. “Para que esta situação não seja sofrida para o animal, nós fazemos adaptação prévia com os cães que ficarão hospedados e procuramos respeitar seus hábitos. Se ele é acostumado a dormir no sofá, terá aqui um sofá disponível. Se é habituado a dormir com o tutor, poderá dormir na cama com o profissional que estiver responsável por ele. E assim por diante”, conta Melissa.

Foto: Divulgação

ESPAÇO E ATIVIDADES
Muitas vezes os tutores se queixam de que seus animais são muito agitados, roem os móveis, cavoucam o sofá, destrincham objetos, e tantos outros comportamentos indesejados pelos humanos. Isso ocorre, frisa Melissa, porque os cães precisam fazer tudo isso. “É necessário proporcionar um espaço onde eles tenham opções próprias para roer, cavoucar, destrinchar, farejar, enterrar e desenterrar.” Da mesma forma, precisam exercitar o físico, correr, brincar, e o mental, com estimulações adequadas. Isso não se restringe a caminhar na coleira. Eles têm necessidade também de dar arrancadas, ter explosão, vencer obstáculos e descobrir habilidades.

CUIDADO VETERINÁRIO
O acompanhamento veterinário também precisa ser realizado com respeito ao animal. “Não basta apenas o médico veterinário dominar a técnica, é preciso ter um manejo que permita ganhar a confiança do pet.”

QUINTAL ANIMAL
A Quintal Animal Pet Care trabalha com banho e tosa, consultas, venda de produtos, Day Care Educativo (creche) e hospedagem. Conta com as parcerias de Sabrina Goulart Brião, Educadora Canina do Mãe de 8ito – Aprendizado para Pets e Tutores (Método Positivo de Educação Canina), Jocelaine Gehrke, proprietária do banho e tosa, e da Policlínica, no atendimento veterinário.

Texto: Suplemento Bicho Mania - Especial Dia do Veterinário, Jornal Gazeta do Sul. Jornalista Simoni Gollmann

Postado por MICHELLE TREICHEL- michelle@gazetadosul.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações