Tendência: você sabe o que é fish n’ chips?

10/04/2019 08:38:18
Foto: Reprodução

Você sabe como surgiu o fish n’ chips? A história é tão controversa quanto a origem das partes que compõem o prato, as batatas fritas e o peixe empanado. A batata frita foi inventada na Bélgica, mas os franceses também reivindicam a autoria dessa iguaria culinária. Já o peixe empanado provém de países mais ao sul da Europa, inventado pelos povos judeus de regiões de Portugal e Espanha. A junção das duas comidas se tornou símbolo nacional da Inglaterra, mas não se sabe ao certo em qual parte do país o preparo teve origem.

Tradicionalmente, as batatas fritas são feitas no estilo rústico, ou seja, cortadas grosseiramente, mais espessas do que as americanas. O peixe comumente utilizado é de água salgada, normalmente arinca ou bacalhau, coberto por uma mistura de farinha de trigo, ou “farelo de pão”, e água, ou mais raramente cerveja, para assim ser frito empanado. Para temperar, água e vinagre é a escolha mais comum entre os britânicos. O molho tártaro foi acrescentado aos acompanhamentos pelos americanos. Nos pubs ingleses, o acompanhamento fica por conta de um purê de ervilhas.

Foto: Reprodução

 

De acordo com John K. Walton, especialista em história do turismo inglês, a partir da metade do século XIX o preparo se tornou fonte de alimentação rápida e barata entre a classe operária inglesa. Inicialmente, comercializado nas ruas de Londres embrulhado em papel absorvente e jornal, o peixe com fritas caiu no gosto dos britânicos, e hoje faz parte do cardápio de restaurantes de todo país. E é lógico que o preparo ganhou o mundo com sua receita tradicional e releituras. 

Aqui no Brasil, o preparo desembarcou há pouco tempo, mas já é uma febre entre os jovens. Está no país, inclusive, a maior rede de fish n´ chips do mundo: o Sirène Fish & Chips, com origem em Curitiba e presente nas cidades de Florianópolis, São Paulo e Brasília. Fundado em 2016, pelos empresários Afonso Natal Neto, Lucas Lopes Muller, Alexandre Lopes e Raphael Umbelino, no ano passado o empreendimento comercializou mais de 80 mil porções de fish n’ chips.

“A ideia surgiu na Austrália. Por ser uma colônia inglesa, o fish n’ chips era muito tradicional por lá também. Por ser um preparo rápido e saboroso, além de contar com um preço bem acessível, logo fez sucesso em Curitiba, onde já temos quatro unidades. No segundo semestre de 2018, começamos o processo de expansão para outras cidades”, comenta Afonso Natal Neto.  

Fonte: Sirène Fish & Chips

Postado por NAIARA SILVEIRA- naiara@gaz.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações