T-Cross: está cada vez mais perto

15/01/2019 22:19:18
Foto: Divulgação

Em comunicado à imprensa, a Volkswagen confirmou a chegada do T-Cross ao mercado sul-americano a partir de abril. Até o momento, esta será a primeira grande estreia no meio automotivo de 2019.

Concebido a partir de um conceito inovador, o utilitário se destaca pelo visual contemporâneo, funcionalidades e segurança. Produzido sobre a plataforma MQB, o veículo tem como ponto positivo o espaço interno. Seu porta-malas terá capacidade para 373 litros, que pode chegar a 420, dependendo da configuração dos bancos. Nas versões mais básicas, ele contará com motor 1.0 turbo flex de três cilindros e 128 cv (etanol) e 115 (gasolina). Mas também serão oferecidas configurações 1.4 com até 150 cv. Também estão previstas as possibilidades de uso de câmbio manual ou automático, dependendo da versão.

O modelo oferecerá ainda itens exclusivos no segmento, como o painel totalmente digital (Active Info Display), seletor de perfil de condução, controle de estabilidade (ESC) de série, bloqueio eletrônico do diferencial, Park Assist 3.0, suporte para celular no painel, quatro entradas USB (inclusive para o banco traseiro), iluminação da cabine em led e acabamento com apliques no painel. Também contará com faróis full-led, seis air bags, saída de ar-condicionado para o banco traseiro e teto solar panorâmico, entre outros recursos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

 

Inovador, seguro e dinâmico

Com preços que devem ficar na faixa dos R$ 80 mil a R$ 100 mil (a tabela oficial ainda não foi revelada), o T-Cross foi concebido com base em quatro pilares: “Be Practical, Be Intuitive, Be Cool, Be safe”. Essas são as quatro principais características do modelo, que buscam atender às expectativas do comprador de utilitários compactos. Pesquisas realizadas pela Volkswagen mostraram que o consumidor quer um veículo “prático”, com mais espaço e flexibilidade; “descolado” – com design marcante e que permita personalização; “intuitivo” – digital e conectado; “seguro” – que ofereça o máximo de segurança tanto para os ocupantes quanto ao trânsito em geral.

No Brasil, o T-Cross terá exclusivamente motores TSI, que combinam injeção direta de combustível e turbocompressor para entregar alta eficiência energética e prazer ao dirigir. O 250 TSI Total Flex gera potência de até 150 cv, com gasolina ou etanol.

O T-Cross mede 4.199 mm de comprimento e 1.568 mm de altura (9 mm mais alto que o T-Cross europeu). A distância entre os eixos do modelo que será produzido no Brasil é maior: 2.651 mm (88 mm a mais do que a distância entre-eixos do T-Cross europeu).

Além de sensores dianteiro e traseiro para estacionamento, o T-Cross também poderá ser equipado com o sistema Park Assist 3.0, que permite o estacionamento autônomo em vagas paralelas e transversais – e agora com a função de freio de manobra.

O novo modelo também poderá ser equipado com teto solar panorâmico “Sky View” – dois painéis de vidro que abrangem mais da metade da área do teto do carro (a seção dianteira pode ser aberta eletricamente).

Coberturas para o painel integram o estilo jovial e completam o interior do veículo, projetado de forma explicitamente generosa para essa classe. Outro destaque no interior do T-Cross é a iluminação ambiente em led. Há luzes na região dos pés, no centro do console, no painel e nas maçanetas.

Todas as versões serão equipadas de série com ESC – controle eletrônico de estabilidade. Esse sistema reconhece o estágio inicial de que uma situação de rodagem crítica está para acontecer. Compara os comandos do motorista com as reações do veículo a esse comando. Se necessário, o sistema reduz o torque do motor e freia uma ou várias rodas até atingir a condição de estabilidade.

Postado por DEJAIR MACHADO- dejair@gazetadosul.com.br
Gazeta Grupo de Comunicações
Rua Ramiro Barcelos, 1206 | Santa Cruz do Sul - RS
(51) 3715-7800 | portal@gaz.com.br
Desenvolvido e Mantido por
Equipe de TI Gazeta Grupo de Comunicações