Susto na madrugada 10/01/2019 07h38 Atualizado às 17h00

Quadrilha armada com fuzis assalta agência do Sicredi de Lagoão

Pelo menos cinco pessoas participaram do ataque, ocorrido na madrugada desta quinta-feira

A agência bancária do Sicredi, em Lagoão, foi alvo de assaltantes na madrugada desta quinta-feira, 10. Conforme informações da Brigada Militar do município, o ataque no estabelecimento localizado na Avenida Tomás Costa ocorreu por volta das 2h10 e contou com a participação de cinco quadrilheiros fortemente armados. Eles estavam encapuzados e utilizavam roupas camufladas.

Segundo o major Fábio Azevedo, subcomandante do 23º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Santa Cruz do Sul, a ação da quadrilha durou cerca de 15 minutos. Para tentar ingressar na agência, os criminosos utilizaram marretas para arrombar as portas. Eles quebraram a vidraça junto a um dos caixas eletrônicos, a porta de vidro e também uma porta de madeira nos fundos do local.

Dois criminosos ficaram do lado de fora e efetuaram disparos de fuzil, assustando moradores da cidade, enquanto os outros três atuavam dentro da agência. Um casal que passava pela rua no momento do assalto foi feito refém. "Os dois estavam a pé, indo a um posto de saúde próximo e foram feitos reféns. Mas não se feriram durante a ação", salientou Azevedo, durante entrevista à Rádio Gazeta FM no programa Giro Regional.

Ainda, conforme o major da BM, o dispositivo de segurança do banco foi acionado, soltando uma cortina de fumaça dentro da agência. "Esta cortina de fumaça é um limitador, e isso certamente dificultou a ação e a visibilidade dos criminosos", afirmou. A boca de um caixa eletrônico foi violada, o que indica que eles desejavam explodir o terminal, o que não aconteceu. Nenhuma quantia em dinheiro foi levada.


Fuga

Depois do assalto, o grupo fugiu em um veículo Chevrolet Spin de cor preta em direção ao município de Segredo. Os criminosos espalharam miguelitos para atrapalhar as buscas da Brigada Militar. Guarnições de toda a região fazem buscas, inclusive nos municípios de Sobradinho e Candelária.

O Batalhão de Operações Especiais (BOE) de Santa Cruz do Sul foi acionado para auxiliar no trabalho e é esperada também a presença de uma equipe do Instituto Geral de Perícias (IGP) de Passo Fundo ainda nesta quinta-feira. O fato foi registrado na Polícia Civil de Sobradinho.
 

Foto: Divulgação/BMDurante a fuga, miguelitos foram jogados sobre a estrada para evitar aproximação dos policiais
Durante a fuga, miguelitos foram jogados sobre a estrada para evitar aproximação dos policiais

Foto: Dilamar Garcia/ Pampeano Lagoão


Segundo ataque a banco em pouco mais de um mês

O ataque a agência do Sicredi é o segundo assalto a banco ocorrido em pouco mais de um mês em Lagoão. No dia 6 de dezembro, o Banrisul foi alvo de dois criminosos, que renderam um funcionário e um vigilante, levando o dinheiro que estava no cofre da agência. Na ocasião, chamou a atenção a ousadia dos bandidos, que chegaram a pé ao local. A quantia não havia sido revelada.