O pêndulo do relógio 15/03/2017 09h51

Cara de pau nacional

Dezenove estados prometem manifestações ruidosas

As principais centrais de trabalhadores convocaram “chimangos e maragatos” para os protestos nesta quarta. Dezenove estados prometem manifestações ruidosas. 

Em Sampa, onde estamos eu e o Pêndulo (que insiste que hoje só comerá pizzas), várias categorias confirmaram paralisação: motoristas, metroviários, metalúrgicos, eletricitários, professores estaduais e municipais, bancários, etc. 

O país protesta contra a reforma da Previdência. Piadinhas, para todos os maus gostos, nos WhatsApps, com desenhos de pessoas de bengalas e cabelos brancos trabalhando... Cada vez mais o funcionalismo público de altíssimo escalão enchendo as burras... Às custas de otários lesados, sujeitos às filas do SUS e bicos para melhorar a panela. 

That’s our beloved Brazil!!!!  Com z. Com “s” dá vontade triste de chorar como a melodia de Manhã de Carnaval, de Vinícius. “Aos vencedores, as batatas.” “Cantiga que menino canta, gente grande já cantou...”

Hoje é o Dia do Direito do Consumidor. E também Dia Contra a Violência Policial... A melhor coisa, mesmo, seria ter asas e voar para Oblivion – de Monteiro Lobato. A eterna cidade morta e esquecida que jamais existiu.        
O metrô de minha terra paulistana promete paralisar por 24 horas. Os ônibus descansam por oito cruéis horas... A metrópole vai parar. Para ver memórias de outros carnavais passarem.

Ontem, 14 de março, foi o Dia dos Mascotes. De nossos queridos companheiros de todas as horas, que nos amam para além do que der e vier. Deus nos fez à sua imagem e semelhança. As criaturas humanas têm um lado necessariamente bom – a imagem do Criador – por mais escondido que isso esteja nas brumas de tudo o que não edifica. O mal nada tem a ver com o Deus da vida. Há quem afirme que o mal não existe em si mesmo. Seria o resultado de muitas de nossas escolhas e ações.

Sai governo, entra governo, e a cara de pau nacional é igual, para rimar com mal. Magnatas dos planaltos e planícies dando as ordens. Rezo uma prece para a memória do grande Quintana: “Todos esses que aí estão atravancando meu caminho, Eles passarão, Eu passarinho!”

Falando em pássaros, os irracionais são seres essencialmente completos e eles mesmos. Sem essa de baixa autoestima. Mesmo assim, alguns indivíduos fogem aos padrões. Quer sejam úteis ou nocivos à humanidade. Há cobras venenosas e não venenosas. A coral, por exemplo. As cores classificadas como características da não venenosa, muitas vezes, conduzem ao erro e à morte... Um velho monge francês, especialista em ofídios, exortava: “Sempre fuja de uma serpente, mesmo que pareça minhoca maiorzinha.”

Chego a gargalhar com a cara de pau de recente chefe de Estado de Oblivion que diz, na voz ciciada: “Só um governo eleito pelo povo pode debater Previdência...” Triste é que o atual fora vice e eleito por sufrágio. Se desceu goela abaixo, a culpa é de quem? Se não fosse trágico, seria cômico. Que venha logo 1º de abril, minha gente! Deveria ser feriado.