Conteúdo patrocinado 25/11/2019 09:51:16

Consultas com o pediatra devem ser mantidas após o primeiro ano

Nos primeiros meses, as idas ao médico são frequentes, mas depois muitas famílias só procuram o especialista em episódios específicos

Assim que o bebê nasce, as famílias colocam na rotina a visita ao médico pediatra. Periódica, normalmente ocorre uma vez ao mês e serve para acompanhar o desenvolvimento dos pequenos. Peso, altura, alimentação, tudo é verificado a cada 30 dias. Mas essa agenda fixa nem sempre continua após um ou dois anos de vida. Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), atualmente o Brasil tem cerca de 37 mil pediatras em atividade no País. O indicado é que toda criança e adolescente tenha um médico que o conheça e o acompanhe desde o nascimento e durante todo o desenvolvimento. 

Apesar de tantos profissionais disponíveis, os pais acabam deixando de levar as crianças ao pediatra depois dos primeiros dois anos. As consultas se tornam cada vez mais esporádicas e acontecem somente quando o filho apresenta algum sintoma. Na maioria das vezes, este movimento é comum devido ao desconhecimento dos pais sobre a necessidade de proteger e de preparar os pequenos para uma vida adulta saudável. 

Outro fator apontado como motivo é a questão financeira, já que muitas vezes a família não tem como arcar com o custo mensal a longo prazo. A frequência recomendada de levar a criança ao pediatra é uma vez por mês, no primeiro ano; uma vez a cada três meses, no segundo ano; consultas semestrais dos 3 aos 7 anos; e anuais até por volta dos 21 anos. A idade pode parecer avançada, mas a função do pediatra é garantir o desenvolvimento da criança até a fase adulta. 

Hoje, em Santa Cruz do Sul, o Cartão de Todos, por meio das clínicas conveniadas, disponibiliza médicos especialistas com consultas a R$ 28,00, inclusive pediatras. Para aderir ao programa de vantagens é fácil. O cliente precisa pagar uma taxa de R$ 25,00 para a emissão do Cartão de Idenficiação e a mensalidade de R$ 21,90, que inclui todos os dependentes – inclusive filhos de até 21 anos e cônjuge. O pagamento pode ser feito via cartão de crédito, pela Caixa Econômica Federal ou ainda por meio da grande novidade: desconto direto na conta de energia elétrica. Depois, pode retirar a carteirinha no escritório da unidade, localizada na Rua Marechal Deodoro, 422, em frente ao Banrisul, no Centro de Santa Cruz. O mais importante: não há período de carência e você pode consultar assim que se cadastrar no Cartão de Todos. A impressão da carteirinha extra custa R$ 8,00.

Foto: Alencar da RosaUnidade da Cartão de Todos em Santa Cruz do Sul fica na Rua Marechal Deodoro
Unidade da Cartão de Todos, em Santa Cruz do Sul, fica na Rua Marechal Deodoro, 422

SERVIÇO

O que: Cartão de Todos, o maior cartão de descontos do País
Onde: Rua Marechal Deodoro, 422, Centro de Santa Cruz do Sul
Quanto: R$ 21,90 por mês + taxa de R$ 25,00 pela adesão
Contato: (51) 3715 1236 ou WhatsApp (51) 99644-1800
Site: www.cartaodetodos.com.br
Redes Sociais: Instagram e Facebook