Ensino superior 06/12/2018 23h31 Atualizado às 06h54

Uergs inicia curso de Agroecologia em Santa Cruz

Os alunos que pretendem concorrer às 30 vagas devem fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019

A unidade da Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (Uergs) de Santa Cruz do Sul oferecerá a partir de 2019 o curso de bacharel em Agroecologia. Os alunos que pretendem concorrer às 30 vagas devem fazer a inscrição no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2019, de 22 a 25 de janeiro, conforme edital divulgado pelo Ministério da Educação (MEC). O programa oferece vagas em universidades públicas.

As aulas do novo curso começam em março, à noite e em duas tardes por semana, para a parte prática e visitas de campo. A parte teórica será na unidade local da Uergs, no antigo Colégio Murilo Braga de Carvalho, e as práticas em área da universidade e também da Escola Família Agrícola de Santa Cruz (Efasc). O curso será desenvolvido a partir de convênio entre a Uergs e a Associação Gaúcha Pró-Escolas Famílias Agrícolas (Agefa).

O coordenador do curso, José Antônio Kroeff Schmitz, explica que a nova graduação pretende atender egressos das escolas agrícolas da região, caso da Efasc e da Escola Família Agrícola de Vale do Sol (Efasol), e para suprir a demanda por mais conhecimentos para a agricultura familiar. “O interesse pela agroecologia tem crescido muito diante da tendência da população do meio urbano em buscar alimentos limpos”, destaca. Além disso, a nova opção pretende estimular a permanência dos jovens na área rural.

O diretor do Campus Regional 5 da Uergs, Benjamin Dias Osório Filho, explica que a unidade de Santa Cruz tinha o curso tecnólogo de Horticultura, extinto em 2016 em razão da baixa procura. A equipe começou a perceber que havia demanda maior por agroecologia e no ano passado houve a criação de uma especialização nesta área. Com o projeto pedagógico elaborado sob a coordenação de Schmitz e com a proximidade da Agefa, houve o encaminhamento do pedido de criação do curso ao Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe) e ao Conselho Superior Universitário (Consun) da Uergs.

O chefe da unidade da Uergs, Etis Kiefer Filho, afirma que não haverá problema de estrutura, pois a instituição tem a parceria da Cooperativa Regional de Alimentos Santa Cruz (Coopersanta) e poderá usar a área da Efasc. A instituição também obteve recursos de emenda parlamentar para a montagem dos laboratórios e compra de equipamentos. Em relação aos professores para o curso, a unidade conta com a equipe de docentes já existente e da Efasc, bem como tem à disposição o quadro dos demais campi da Uergs. Kiefer Filho ressalta que a frequência é totalmente gratuita, a exemplo do que acontece com o curso de Engenharia de Bioprocessos existente da unidade local.

Ingresso e conteúdo

Para concorrer às vagas oferecidas pelo Sisu, os estudantes precisam ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 e obtido nota acima de zero na prova de redação. Além disso, os candidatos poderão se inscrever no processo seletivo em até duas opções de vaga, especificando, em ordem de preferência, as suas opções em instituição de educação superior participante, com local de oferta, curso e turno, e a modalidade de concorrência.

Metade das 30 vagas do bacharelado em Agroecologia será destinada a estudantes de baixa renda e três (10%) para alunos com algum tipo de deficiência. O curso de Bacharel em Agroecologia terá duração de nove semestres (quatro anos e meio). O conteúdo básico incluirá tecnologia de produção de alimentos limpos; adequação da propriedade ao seu aproveitamento ideal para as condições ecológicas existentes na região; preparação para atuação junto à agricultura familiar e sistemas agroflorestais, entre outros.


MAIS LIDAS