Unisc 17/05/2019 22h26 Atualizado às 17h02

Suporte para livros auxilia nas leituras de acadêmica portadora de necessidades especiais

O dispositivo foi idealizado por alunas do curso de Engenharia de Produção e desenvolvido em impressora 3D

Até há pouco tempo, segurar um livro para ler e folhear suas páginas, algo comum para muitas pessoas, era quase impossível para a acadêmica Gabriela Bonassi Nunes, do curso de Pedagogia da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). Portadora de necessidades especiais, com deficiência na mão direita, ela agora pode ler sem nenhum tipo de dificuldade graças ao auxílio de um suporte para livros, que permite a leitura usando apenas uma mão.

O dispositivo foi idealizado pelas alunas Ana Letícia Zappe e Maríndia da Silveira Moura, do curso de Engenharia de Produção, e desenvolvido em impressora 3D. As estudantes foram assessoradas pelo técnico do Laboratório de Desenvolvimento de Produtos, Cássio Dênis de Oliveira, e supervisionadas pelo coordenador e pelo subcoordenador do curso de Engenharia de Produção, professores André Luiz Emmel Silva e Jorge André Ribas Moraes, respectivamente.

Após alguns testes até chegar ao modelo final, o dispositivo foi aprovado de imediato por Gabriela. “Sempre tive dificuldade para ler um livro, e o suporte está me ajudando muito”, conta a acadêmica, que antes precisava imprimir os textos para facilitar a leitura. Segundo Oliveira, a tecnologia, feita de filamento em PLA, levou cerca de cinco horas para ser produzida. O custo da matéria-prima ficou entre R$ 10,00 e R$ 15,00.

Para Ana Letícia, desenvolver o dispositivo foi gratificante, uma vez que agregou conhecimentos e deu a ela um novo olhar em relação ao dia a dia dos alunos com necessidades especiais no campus. Já Maríndia acredita que a engenharia deve ser usada em favor da qualidade de vida. “Esse trabalho resultou em muito aprendizado e sensibilidade, tanto pessoal quanto profissional. Unindo esforços, conseguimos chegar a um mundo cada vez melhor”, comenta.

A criação do suporte também foi acompanhada de perto pela coordenadora do Núcleo de Apoio Acadêmico (Naac) da Unisc, Raquel Ribas Fialho, e pela funcionária Daiana Luiza Rehbein. “Nossa preocupação era saber como a Gabriela estava estudando e usando os livros. A partir daí, nos reunimos para ajudá-la, e ela foi nos norteando”, revela Raquel.