EDUCAÇÃO 25/11/2020 07h53

Emeis: divulgada lista com alunos transferidos em Santa Cruz; confira

Das 311 solicitações, 212 foram atendidas, o que equivale a 79%. Crianças poderão frequentar a nova escola a partir do dia 8 de dezembro

A lista de alunos da Educação Infantil contemplados nas solicitações de transferência para outras escolas está disponível no site da Prefeitura de Santa Cruz do Sul (confira o link abaixo), na aba da Secretaria Municipal de Educação. Dos 311 pedidos protocolados por pais ou responsáveis para outra unidade da rede municipal, foram atendidos 212, ou seja, 79% da demanda.

Os pedidos de transferência foram efetuados no período de 9 a 13 de novembro, na própria escola onde o aluno estava matriculado, por meio do preenchimento de formulário e apresentação de comprovante de residência. As crianças poderão frequentar a nova escola, para a qual foram transferidas, a partir de 8 de dezembro.

» Clique aqui para acessar a lista de transferências.

Do total de solicitações aprovadas, 79 são para vagas na recém-construída Emei Viver Bem, no Bairro Santa Vitória, que abrirá as portas também no próximo dia 8. Com isso, novas vagas serão abertas na rede municipal e crianças que hoje estão na fila de espera poderão ser contempladas. “Com a abertura dessas vagas, vamos focar na lista de espera, no sentido de zerá-la o mais rápido possível, como sempre trabalhamos”, disse a secretária municipal de Educação, Jaqueline Marques.

Jaqueline destaca o investimento feito pelo governo Telmo Kirst na construção de novas creches. Segundo ela, na Emei Viver Bem foram aplicados cerca de R$ 2 milhões para ofertar mais de 200 vagas. Ela cita ainda a Emei Progresso, que será entregue em fevereiro do ano que vem; a Emei Sildo Paulo Goettert, em construção no Bairro Castelo Branco, para mais 240 crianças, e a Emei que vai atender o residencial Mãe de Deus, com recursos garantidos pelo Finisa e em fase de finalização de projetos para ser licitada na próxima gestão. “Este governo sempre teve o compromisso de ampliar o acesso à Educação Infantil”, frisou.

LEIA TAMBÉM: Retorno das escolinhas de Santa Cruz é marcado pela tranquilidade

A secretaria divulgou também a migração recente de 72 crianças, na faixa de 4 a 5 anos de idade, para a rede pública municipal. “São famílias que vieram de outros municípios ou optaram por deixar a rede privada e ingressar na rede municipal. Todos os pedidos foram contemplados, nenhuma criança em fase de pré-escola hoje está fora da sala de aula. Esse é um deficit que nós zeramos”, destacou.

Com relação ao período de inscrições e matrículas para o ano letivo de 2021, a secretaria informa que o cronograma será divulgado nos próximos dias. Para evitar aglomerações, as inscrições deverão ocorrer nos primeiros dias de dezembro e serão online.

LEIA TAMBÉM: Começa a construção da Emei Sildo Goettert, no Bairro Castelo Branco

Emei Viver Bem

Na Emei Viver Bem serão atendidos meninos e meninas de zero a 5 anos, em turminhas do berçário à pré-escola. Além das crianças do próprio loteamento, serão beneficiadas outras do mesmo bairro e também do Dona Carlota. Diferente da grande maioria das escolas, cujos projetos são desenvolvidos e executados pelo governo federal, esta é uma iniciativa própria da Prefeitura. A obra foi executada com recursos oriundos de financiamento junto à Caixa Econômica Federal, por meio do Programa PAC Pró-Moradia.

LEIA TAMBÉM
Emei do Viver Bem deve receber crianças quando atendimentos na rede retornarem
Recomeçam as melhorias nas escolas municipais


MAIS LIDAS