EDUCAÇÃO 03/02/2021 19h35 Atualizado às 21h53

Ano letivo começa no dia 18 na rede municipal de Santa Cruz

Atividades seguirão modelo híbrido, com alternância semanal entre grupos de alunos, para que seja possível respeitar as medidas preventivas da Covid-19

A Secretaria Municipal de Educação (SEE) de Santa Cruz do Sul divulgou nesta quarta-feira, 3, que o ano letivo nas escolas municipais de ensino fundamental terá início no dia 8 de março, seguindo o calendário adotado pela rede estadual. Na mesma data começam as aulas da pré-escola, ou seja, para alunos de 4 e 5 anos, e das turmas de educação de jovens e adultos. Já as crianças entre 0 e 3 anos de idade, das turmas de educação infantil, iniciam as atividades no próximo dia 18, após o feriado de Carnaval.

Antes disso é o momento dos professores se preparem para o novo ano, juntamente com as direções e equipes pedagógicas. No período que antecede o início das aulas, docentes da educação infantil, ensino fundamental e EJA estarão dentro das instituições de ensino, organizando o fechamento do ano letivo 2020 e preparando a parte pedagógica para este ano.

LEIA MAIS: Escolas municipais do Vale do Rio Pardo devem voltar em fevereiro


O modelo que será seguido em 2021 é o híbrido semanal, com alternância entre grupos de alunos. Enquanto um grupo terá aulas presenciais na escola durante uma determinada semana, o outro estará em casa, com aulas remotas. Na semana seguinte a situação se inverte, o grupo que estava em casa passa a ter aulas presenciais e o que estava em sala de aula fará as lições em casa.

Os protocolos a serem seguidos, com as regras de distanciamento social e segurança sanitária, serão os estabelecidas pelo governo do Estado, tendo como interlocução permanente o Comitê Gestor do Município e COE Municipal.

Como já é de praxe, anualmente a SEE promove um momento especial de formação dos docentes. É a Jornada Pedagógica que nesta edição traz o tema “Educação integral voltada para a prática pedagógica, interação e pelas competências previstas na Base Nacional Comum Curricular e no documento do território municipal de Santa Cruz do Sul”. Serão ao todo 40 horas de formação, sendo 16 horas a cargo dos próprios estabelecimentos de ensino, que terão autonomia para fazer seus projetos e as outras 24 horas em palestras oferecidas pela SEE.

LEIA TAMBÉM: Escolas estaduais só voltam quando totalmente aptas, diz coordenador da 6ª CRE


Em razão da pandemia, a jornada será disponibilizada online para todos os professores nas salas multimídias dos próprios educandários. Eles deverão acompanhar as atividades dentro de seus turnos de trabalho e registrar presença. A ocupação das salas não poderá exceder 50% e os protocolos de segurança para prevenção da Covid-19 deverão ser rigorosamente respeitados.

O secretário municipal de Educação, João Miguel Wenzel, destaca a importância da educação e do direito de aprendizagem de todos os estudantes, sempre respeitando os devidos protocolos de segurança nesse tempo de pandemia. Ele ressalta também a importância do diálogo permanente e da transparência. “A educação é construída todos os dias com a participação e o envolvimento da comunidade escolar”.

Programação da 1ª Jornada Pedagógica

22/02 – 8 às 11 horas: abertura e palestra A ética do cuidado na escola
Palestrante: socióloga Lourdes Atié
Somente no turno da manhã

01/03 –  8 às 11 horas e das 13h30 às 16 horas: palestra O encantamento pelo ato de educar
Palestrante: pedagoga Regina Shudo
Manhã ou tarde

02/03 – 8 às 11 horas e das 13h30 às 16 horas: palestra Inclusão: ampliando e ressignificando o foco
Palestrante: psicopedagoga Vanessa Freitas
Manhã ou tarde

03/03 e 04/03 – 8 às 11 horas e das 13h30 às 16 horas: palestra Perspectivas para o ensino híbrido
Palestrante: master Coach Jackes Heck
Manhã ou tarde

05/03 – 8 às 11 horas: bate papo com convidados sobre O contexto atual da Educação em regime de colaboração
Professor João Miguel Wenzel – secretário municipal de Educação
Daniela Roehs Laner – diretora do Senac
Mestre Fabiane B. Pedro – coordenadora da UNCME – RS
Doutora Vanessa Saldanha de Vargas – promotora de Justiça Regional da Educação de Santa Cruz do Sul

LEIA TAMBÉM: Calendário escolar 2021 começa no dia 8 de março