Galo 03/02/2018 21h08 Atualizado às 19h18

Santa Cruz perde jogo-treino em São Martinho

De virada, time carijó foi derrotado por 3 a 2 pela seleção amadora de Monte Alverne, neste sábado

Em seu primeiro teste na pré-temporada, o Santa Cruz perdeu, de virada, por 3 a 2 para a seleção do Departamento de Futebol Monte Alverne (DFMA) na tarde deste sábado, 3, no Estádio Gustavo Wehner, em São Martinho. O técnico Hélio Vieira manteve a base do time ao longo do primeiro tempo e promoveu cinco trocas na etapa complementar. No próximo sábado, 10, o time carijó faz um amistoso contra o Lajeadense, que será adversário na Série A2 do Campeonato Gaúcho, a partir das 18 horas, nos Plátanos.

O time carijó saiu na frente aos 21 minutos. Pela esquerda, Alex Goiano cobrou escanteio na cabeça de Jéferson Carioca. Aos 29, o combinado de Monte Alverne empatou com Pablo, que mandou no canto direito de Anderson. A equipe comandada por Max Goettems virou o placar aos 43. Jeferson Peiter bateu falta e a bola explodiu no travessão. No rebote, Romário Scherer só completou para o fundo da rede – 2 a 1.

O técnico Hélio Vieira viu aspectos positivos, mas outros tantos para corrigir
Foto: Bruno Pedry

Na segunda etapa, logo a 1 minuto, o Galo deixou tudo igual. Raulen cruzou da direita e Paulo Roberto marcou, depois de se antecipar à marcação – 2 a 2. Mesmo sentindo a parte física, a seleção do terceiro distrito de Santa Cruz do Sul chegou à vitória aos 45, com Raul, que aproveitou a sobra na pequena área – 3 a 2.

O Santa Cruz foi a campo com Anderson (Jonathan); Raulen, Caio, Valença e Marcus Vinícius (Allan Cristian); Elias, Márcio Tinga (Arthur Santos), Jéferson Carioca (Lucas), Alex Goiano e Ruhan (Juliano Fogaça); Paulo Roberto. “Tivemos o nosso primeiro coletivo, não havíamos feito nenhum trabalho de conjunto. Alguns aspectos positivos, mas outros tantos que temos de corrigir. É um período que os jogadores ainda se ressentem desse retorno à atividade física. Este tipo de resultado, apesar de ser anormal na relação de uma equipe profissional com uma amadora, nos reserva isso no começo da pré-temporada”, avaliou Hélio Vieira.