Classificado! 11/03/2018 19h13 Atualizado às 06h32

Avenida empata, avança no Gauchão e encara o Caxias no mata-mata

Em jogo de primeiro tempo morno e segunda etapa quente, Periquito saiu atrás, mas chegou a igualdade contra o Nóia

Foi com mais sofrimento do que o esperado, mas o Avenida está classificado para o mata-mata do Campeonato Gaúcho. Diante de um bom público nos Eucaliptos na tarde quente deste domingo, 11, o Periquito fez um jogo morno com o Novo Hamburgo na etapa inicial e, num segundo tempo tenso, as duas equipes foram em busca da vitória. Os visitantes saíram na frente, mas a equipe santa-cruzense chegou ao empate com um golaço de Alexandre e se garantiu nas quartas de final. 

O 1 a 1, somado aos resultados paralelos, deixou o Avenida na sétima colocação da fase inicial, com 15 pontos. A equipe agora encara o Caxias na próxima etapa do Estadual. A primeira partida ocorre já no próximo final de semana, em Santa Cruz do Sul. Já o Nóia, atual campeão, se garantiu na elite após lutar contra o rebaixamento durante toda a competição. Cruzeiro e São Paulo de Rio Grande caíram para a Série A-2 de 2019.


Primeiro tempo

Precisando da vitória para conseguir a classificação sem depender de resultados paralelos, o Avenida foi para cima no início. A primeira situação de gol foi aos 11 minutos, com Alexandre, porém sem levar muito perigo. A resposta do Novo Hamburgo veio com Juninho aos 18 minutos, num chute cruzado, assustando a torcida presente no estádio.

A partida seguiu morna durante boa parte do primeiro tempo. Mesmo atuando diante de sua torcida, o Avenida se mostrou pouco criativo e praticamente não ameaçava a meta adversária. O Nóia, desesperado, também estava tímido em campo, mas tinha mais a bola. Em uma cobrança de escanteio, Roberto Dias cabeceou para fora.

A torcida fez sua parte e seguiu empurrando o time. E o Avenida tentou chegar aos 41 minutos. Pelo lado esquerdo, Helder tocou para Alexandre, que foi travado na hora de finalizar. No minuto seguinte, Xaro respondeu, mas Fabiano defendeu sem sustos.


Segundo tempo

Na etapa final, o Avenida voltou em ritmo diferente. E teve a melhor chance do jogo para abrir o placar aos 4 minutos. Michel Alves, duas vezes, salvou o Nóia. Primeiro em chute de Fidelis e depois em bicicleta de Hyantony. A resposta do Nóia ocorreu com Ricardo Lobo. De fora da área ele arriscou e mandou por cima da meta do Periquito.

O jogo ficou mais aberto na etapa final. As duas equipes passaram a arriscar mais, e os dois times ficaram mais expostos na defesa. O Novo Hamburgo voltou a dar a cara aos 20 minutos, com Assis aproveitando cruzamento e cabeceando para fora. O Periquito deu as caras minutos depois, e Cleverson, em boas condições, demorou demais para finalizar, chutando em cima da marcação. 

O jogo era lá e cá. Aos 27 minutos, Juninho bateu forte e Fabiano salvou o Avenida. O Nóia era mais incisivo em campo e chegou ao gol aos 30 minutos, com Zotti. Mas o tento não abalou o Periquito. E foi dos pés do ídolo que o empate veio. Alexandre, com uma cobrança de falta perfeita, mandou para o fundo da rede, sem chances para Michel Alves. A torcida enlouqueceu no estádio e fez a festa após o apito final do árbitro.
 

FICHA TÉCNICA
CAMPEONATO GAÚCHO - ÚLTIMA RODADA
AVENIDA 1x1 NOVO HAMBURGO

Local: Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul
Data: 11 de março de 2018, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Arbitragem: Roger Goulart
Gols: Zotti (Novo Hamburgo) - 30 min/2ºT; Alexandre (Avenida) - 32 min/2ºT

AVENIDA: Fabiano Heves; Itaqui, Luís Henrique, Claudinho e André (Roger); Toto, Fidélis (Maurício), Cléverson, Alexandre e Welder (Moisés Baiano); Hyantony
Técnico: Fabiano Daitx

NOVO HAMBURGO: Michel Alves; Lito, Roberto Dias, Tiago Steffen e Assis; Tiago Ott, Juninho, Xaro (Zotti) e Preto; Branquinho (Flávio Torres) e Ricardo Lobo
Técnico: Beto Campos