Série B 20/04/2019 14h58 Atualizado às 08h32

Santa Cruz luta, mas é derrotado pelo Gaúcho em Passo Fundo

Galo buscou o empate nos acréscimos, mas não conseguiu somar pontos no Planalto

O Santa Cruz enfrentou o Gaúcho neste sábado, 20, e foi derrotado por 3 a 2 pela 4ª rodada do Grupo B na primeira fase do Campeonato Gaúcho da Série B, na Arena BSBios, em Passo Fundo. Na tabela, o Santa Cruz é o 2º colocado do grupo com quatro pontos, enquanto o Gaúcho lidera com nove. No próximo fim de semana, o Santa Cruz recebe o Brasil de Farroupilha nos Plátanos pela 5ª rodada. O Gaúcho vai até às Missões para encarar o Santo Ângelo, no Estádio da Zona Sul.


PRÉ-JOGO

O Santa Cruz entraria em campo disposto a vencer para alcançar a liderança do Grupo B no Campeonato Gaúcho da Série B. O técnico Dárley Costa teria todos os atletas à disposição, inclusive o reforço Gustavinho, que chegou do Goiânia. O Gaúcho, com duas vitórias e 100% de aproveitamento, queria manter a boa campanha para disparar na ponta.


1º TEMPO

O Gaúcho abriu o placar aos sete minutos com Boni, que aproveitou cruzamento de Andrews da direita. Aos nove, Matheus Paulista acertou a trave direita e Adilson finalizou sobre o goleiro Eduardo. Aos 14, Matheus Paulista tentou de letra e Eduardo salvou. No contra-ataque, Fogaça finalizou e o goleiro William Lago fez boa defesa. Aos 24, Fogaça arrancou em contra-ataque, mas foi neutralizado pela defesa dos mandantes. Otávio cobrou falta aos 25 e Eduardo pegou firme. Já aos 28, Otávio recebeu de Andrews e soltou uma bomba da esquerda. Eduardo espalmou no canto direito.

Aos 34, o Galo chegou novamente com chute cruzado de Fogaça. William defendeu e Guilherme Wegmann tentou no rebote, para um milagre de William Lago. Aos 40, Guilherme Wegmann conduziu pela direita e escorregou no momento da conclusão. A bola ficou fácil para o goleiro William Lago. Na marca dos 42 minutos, Fogaça alçou a bola na área e Guilherme Wegmann colocou na rede em um cabeceio certeiro para empatar. Já aos 49, a bola foi alçada na área e Eduardo falhou ao tentar defender. Por sorte, a bola se perdeu pela linha de fundo.


2º TEMPO

O Santa Cruz voltou com Júlio e Léo Rabuske nas vagas de Jair e Rodrigo. No Gaúcho, Dartora entrou no lugar de Gustavo. Otávio levou perigo ao finalizar aos três minutos, após receber na direita de Gustavo. A bola foi no lado externo da rede. Aos 15, Dartora cobrou falta na barreira, mas acertou um belo chute de canhota na sequência para colocar no ângulo esquerdo do goleiro Eduardo. Já aos 19, o goleiro Eduardo soltou a bola na grande área e Bruno empurrou para a rede. Na marca dos 21, Vitor entrou na vaga de Andrews. No Galo, a última troca foi o ingresso de Vitor Seedorf no lugar de Júlio Sant'Anna.

Fogaça finalizou com desvio na defesa aos 24. No escanteio, a bola foi levantada nas mãos do goleiro William Lago. Lucão entrou na vaga de Erik aos 30 minutos. O Santa Cruz passou a pressionar nos minutos finais. Marcos Vinícius deixou a defesa e foi para o ataque, como referência na bola aérea. O Galo conseguiu descontar aos 44. Após cobrança de falta, o goleiro William Lago deu rebote e Guilherme Wegmann aproveitou para estufar a rede. Aos 45, após levantamento na área, William Lago saiu para afastar de soco. Apesar das tentativas, o Galo saiu derrotado do confronto no Planalto.

FICHA TÉCNICA - CAMPEONATO GAÚCHO SÉRIE B
1ª FASE - GRUPO B - 4ª RODADA
GAÚCHO 3 x 2 SANTA CRUZ

Local:
Arena BSBios, em Passo Fundo
Data: 20/04/2019
Horário: 15 horas
Árbitro: Leandro Martins
Assistentes: Rodrigo Duarte Moraes e Lucas Natan Goulart
Cartões amarelos: Maylon, Bruno, Erik e Vitor (Gaúcho); Carlos Eduardo, Marcos Vinícius e Elias (Santa Cruz)
Gols: Boni (Gaúcho) - 7min/1º, Guilherme Wegmann (Santa Cruz) - 42min/1º e 44 min/2º, Dartora (Gaúcho) - 15min/2º e Bruno (Gaúcho) - 19min/2º

GAÚCHO: William Lago; Boni, Bruno, Erik (Lucão) e Otávio; Maylon, Adilson, Gustavo (Dartora), Andrews (Vitor) e Lucas; Matheus Paulista
Técnico: Fabiano Borba

SANTA CRUZ: Eduardo; Arthur, Marcos Vinícius, Jair (Júlio) e Fabrício; Elias, Carlos Eduardo, Júlio Sant’Anna (Vitor Seedorf), Rodrigo (Léo Rabuske) e Fogaça; Guilherme Wegmann
Técnico: Dárley Costa