Espanha 05/12/2018 23h25 Atualizado às 08h44

Finalistas da Libertadores estão em Madri para a decisão

Os jogadores e a comissão técnica do Boca chegaram ao país sem conceder entrevistas

Em silêncio e sem grande alarde, a delegação do Boca Juniors desembarcou no Aeroporto Internacional de Barajas, em Madri, na Espanha, nessa quarta-feira à tarde. Os jogadores e a comissão técnica cruzaram o saguão sem conceder entrevistas e se encaminharam ao hotel onde ficarão hospedados até a final da Copa Libertadores da América, neste domingo, às 17h30 (de Brasília), contra o River Plate, no Santiago Bernabéu.

Depois de uma grande festa na saída de Buenos Aires, na noite de terça-feira, o elenco do Boca teve uma recepção bem mais discreta na Espanha. Afinal, a dias da partida, apenas algumas dezenas de torcedores do clube que vivem em Madri foram ao aeroporto para saudar os atletas. A expectativa é que muitos outros cheguem à cidade entre essa quinta e sábado. O centroavante Ramón Ábila sente dores musculares e pode ser desfalque na decisão.

A chegada do River Plate a Madri estava programada para a madrugada dessa quinta-feira. A delegação embarcou nessa quarta-feira, logo depois do último treino em Buenos Aires. Os trabalhos no Monumental de Núñez se concentraram em atividades físicas e técnicas em campo reduzido. Ignácio Scocco, Luciano Lollo e Nahuel Gallardo treinaram em separado e são dúvidas para o jogo. Juanfer Quintero e Rodrigo Mora receberam alta e devem ficar no banco de reservas na decisão.