Gauchão 04/02/2019 19h48 Atualizado às 14h45

Avenida vence a primeira e ingressa no G-8

Periquito supera o Pelotas por 2 a 1 no finalzinho do jogo e salta para a zona de classificação às quartas de final

Enfim, o Avenida conquistou a primeira vitória no Gauchão. O time passou sufoco, mas bateu o Pelotas por 2 a 1 nos acréscimos na noite desta segunda-feira, 4, nos Eucaliptos, pela quinta rodada. Além de garantir o triunfo, o time alviverde ingressou na zona de classificação às quartas de final da competição.

Agora, ocupa a oitava posição com os mesmos seis pontos do Aimoré, mas à frente pelo números de gols marcados (4 a 3). No domingo que vem, às 18h30, o Avenida enfrenta o líder Grêmio na Arena. Além de contar pontos para o campeonato, o confronto vale o título da Recopa Gaúcha.

PRIMEIRO TEMPO

O Periquito sofreu uma baixa importante na véspera do confronto. Com dores no joelho, o meia Alexandre virou desfalque. Até mesmo o técnico Fabiano Daitx ficou fora do banco. Ele pegou um jogo de suspensão pela expulsão na estreia contra o Veranópolis. A equipe foi comandada pelo preparador físico, Lincoln Bender. A escalação teve como principais novidades as entradas de Matheus e Welder.

O confronto começou truncado e com poucas ações ofensivas. Por conta da baixa produtividade dos dois lados, concentrava-se principalmente na marcação forte no meio-campo. A melhor chance do Periquito surgiu aos 23 minutos. Roger lançou para Maurício, que mandou uma paulada da intermediária e obrigou Airton a fazer uma grande defesa.

O time alviverde enfrentava dificuldades para a criação das jogadas, enquanto o Pelotas tentava surpreender no contra-ataque. Aos 35, John Lennon tocou para Léo Bahia, que finalizou rasteiro e Andrey precisou trabalhar em uma das raras vezes no primeiro tempo.

O Avenida pressionou no restante da primeira etapa. Welder bateu cruzado, a zaga do Pelotas falhou e Matheus não chegou a tempo para finalizar, aos 38. Na sequência, Carlinhos testou pela linha de fundo. Os donos da casa melhoraram e, por pouco, não sairam na frente. Aos 43, Cleverson chutou e Airton teve de fazer outra boa intervenção. Três minutos depois, Matheus próximo ao ângulo esquerdo de Airton.

SEGUNDO TEMPO

O Periquito voltou do vestiário com uma mudança. O zagueiro Claudinho, que havia sentido o músculo posterior esquerdo na etapa inicial, saiu para a entrada do lateral-direito Felipe Cordeiro. Com a troca, Thiago Steffens foi atuar ao lado de Luís Henrique.

Com apenas 1 minuto, o Avenida abriu o placar. E com direito a lei do “ex”. Roger serviu Matheus, que cruzou na área e Cleverson, na marca do pênalti, mandou para o fundo da rede – 1 a 0. O atacante estava no Lobão até o início de janeiro. Aos 11, Germano cobrou falta com perigo e Andrey fez boa defesa.

A questão clínica pesou novamente no Periquito aos 14. Maurício sentiu a coxa e deu lugar a Márcio. Logo em seguida, o time santa-cruzense desperdiçou uma grande oportunidade de aumentar a vantagem. Márcio lançou e Welder, de frente para o gol, bateu em cima de Airton. O Pelotas não desistia e ameaçava o Avenida. Aos 21, Léo Bahia arrematou, a bola desviou em Luís Henrique e quase enganou Andrey.

Três minutos mais tarde, a equipe áurea-cerúlea empatou o duelo. Após o cruzamento, Reinaldo Dutra, que entrou no segundo tempo, finalizou da intermediária e deixou tudo igual - 1 a 1. Um balde de água na torcida do Avenida. Aos 27, Marcos Paraná ocupou a vaga de Cleverson. Aos 30, o Pelotas ficou com um a menos em campo. Giancarlo, outro que entrou na etapa complementar, atingiu Carlinhos com o cotovelo e levou cartão vermelho direto do árbitro Douglas Silva.

Mesmo em desvantagem numérica, o Lobão buscava o sistema ofensivo. Aos 36, Felipe quase fez de cabeça. Quando o empate parecia se encaminhar, o Avenida garantiu a primeira vitória no Gauchão. E na bola parada. Aos 47, Marcos Paraná cobrou escanteio na cabeça de Luís Henrique – 2 a 1. Alívio e muita comemoração nos Eucaliptos.

GAUCHÃO 2019
5ª RODADA
AVENIDA 2 a 1 PELOTAS

Data e horário: Segunda-feira, 4 de fevereiro, 20h30
Local: Estádio dos Eucaliptos, em Santa Cruz do Sul
Árbitro: Douglas Silva, com Lúcio Beiersdorf Flor e Maíra Mastella Moreira
Gols: Avenida - Cleverson (1/2ºT) e Luís Henrique (47/2ºT); Pelotas - Reinaldo Dutra (26/2ºT)
Cartões amarelos: Carlinhos (Avenida); Jarro (Pelotas)
Cartão vermelho: Giancarlo (Pelotas)

AVENIDA
Andrey; Thiago Steffens, Luís Henrique, Claudinho (Felipe Cordeiro) e Roger; Jô, Carlinhos, Cleverson (Marcos Paraná), Maurício (Márcio) e Matheus; Welder

Técnico: Fabiano Daitx

PELOTAS
Airton; John Lennon, Dão, Felipe e Giménez; Makelelê, Rubinho (Reinaldo Dutra), Jarro (Luiz Felipe) e Léo Bahia; Júlio Santa Cruz (Giancarlo)
Técnico: Gavillán