Libertadores 12/03/2019 21h32 Atualizado às 08h07

Grêmio pressiona, mas perde para o Libertad na Arena

Tricolor gaúcho fica apenas com um ponto no grupo H e permanece sem vencer na competição continental

Foi uma noite que deu tudo errado para o Grêmio. O time criou chances, mas parou na eficiente marcação do Libertad e perdeu por 1 a 0 na noite desta terça-feira, 12, na Arena, pela segunda rodada do grupo H da Copa Libertadores da América. Depois de dez jogos de invencibilidade, foi a primeira derrota nesta temporada.

Ainda sem vencer no torneio continental, o Tricolor permanece com um apenas ponto na terceira posição, enquanto a equipe paraguaia alcançou os seis e ocupa a liderança isolada da chave, tendo 100% de aproveitamento. Agora, tudo é clássico gaúcho. No próximo domingo, às 19 horas, o Grêmio encara o Internacional na Arena pela décima rodada do Gauchão.

PRIMEIRO TEMPO

O Grêmio tentou se impor nos minutos iniciais, mas foram os visitantes que chegaram com perigo. Aos 4, Bareiro pegou o rebote após trombada entre Geromel e Óscar Cardozo, mas mandou longe do gol de Paulo Victor. Aos 7, a equipe paraguaia desperdiçou uma grande chance. Cortez perdeu a bola para Bareiro, que tocou para Martínez. O camisa 11 cruza para Cardozo, que voou na bola, mas finalizou para fora.

Aos 15, o Tricolor perdeu uma boa oportunidade de sair em vantagem. Marinho recebeu na direita, passou pelo marcador e bateu à direita da meta de Martín Silva. Os donos da casa tinham dificuldades para infiltrar na área, enquanto o adversário se fechava bem na defesa. Por conta disso, o duelo era truncado. Aos 23, Maicon fez bom lançamento para Leonardo Gomes, que exagerou na força ao cruzar para a área. Em seguida, o lateral recebeu de Marinho, mas errou o alvo.

O time gaúcho pressionava e buscava alternativas para furar o bloqueio do Libertad. Aos 28, Luan fez a torcida levantar na Arena. Ele recebeu de Michel, avançou e finalizou da intermediária. A bola passou rente ao travessão. Quase o primeiro do Grêmio. Aos 30, Cortez cruzou da esquerda e Felipe Vizeu, o aniversariante do dia – fez 22 anos – cabeceou sem direção.

O Libertad não cedia espaços e mostrava uma marcação eficiente, capaz de neutralizar o setor ofensivo do Grêmio. Por conta disso, Everton e Luan foram figuras mais apagadas na etapa inicial. Aos 47, os paraguaios saíram na frente. Em um rápido contra-ataque, Martínez entortou Geromel e cruzou à meia-altura para Bareiro, que bateu de primeira, sem chances para Paulo Victor - 1 a 0 e Renato Portaluppi saiu enfurecido para o vestiário. 

SEGUNDO TEMPO

Ainda no intervalo, Renato promoveu a primeira mudança, com André na vaga de Vizeu. Aos 2, o Libertad, por pouco, não ampliou o escore. Óscar Cardozo recebeu na esquerda e encontrou Bareiro livre. O camisa 20 chutou fraco e Paulo Victor segurou firme. O Grêmio continuava encontrando as mesmas dificuldades da primeira etapa e deixava o torcedor impaciente.

Já o Libertad administrava a vantagem e torcia para o tempo passar rápido. Aos 13, Jean Pyerre substituiu Maicon, que deixou o campo irritado. O Tricolor aumentou o volume de jogo e o time paraguaio perdeu intensidade. Aos 17, Everton fez jogada pela esquerda e encontrou Marinho livre, mas ele bateu em cima de Martín Silva.

Aos 22, Cortez avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de André, que mandou pela linha de fundo. Extenuado, Marinho saiu aos 23 para a entrada de Diego Tardelli. Só dava Grêmio, que tentava de todas as formas buscar o empate. André preparou para Luan, que arriscou por cima do gol, aos 27. À medida em que o relógio passava, a angústia aumentava na Arena.

Aos 32, Jean Pyerre mandou de longe, pela linha de fundo. Aos 38, o garoto cobrou falta no canto esquerdo de Martín Silva e bola saiu rente à trave. Dois minutos depois, o camisa 20 arriscou e o goleiro do Libertad defendeu com tranquilidade. Após o apito final, vaias pela derrota em casa.

COPA LIBERTADORES DA AMERICA 2019
1ª FASE – 2ª RODADA
GRUPO H
GRÊMIO 0 a 1 LIBERTAD

Data e horário: Terça-feira, 12 de março, 21h30
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Arbitragem: Diego Haro, com Victor Raez e Michel Orue (Peru)
Gol: Libertad - Bareiro (47/1ºT)
Cartões amarelos: Maicon, Marinho e Luan (Grêmio); Cougo, Óscar Cardozo e Benítez (Libertad)

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Maicon (Jean Pyerre), Marinho (Diego Tardelli), Luan e Everton; Felipe Vizeu (André)
Técnico: Renato Portaluppi

LIBERTAD
Martín Silva; Piris, Luis Cardozo, Paulo da Silva e Cougo; Aquino (Cristian Riveros), Mejía, Bareiro, Rivero (Benítez) e Óscar Cardozo; Martínez (Recalde)
Técnico: José Chamot


MAIS LIDAS