Libertadores 13/03/2019 21h21 Atualizado às 07h46

Em noite de Nico, Internacional vence e dispara na liderança

Uruguaio fez os gols nos 2 a 0 diante do Alianza Lima, que fizeram o Colorado abrir quatro pontos de vantagem sobre o River no grupo A

O Internacional é 100% na Copa Libertadores da América. Em uma noite de Nico López, o time gaúcho venceu o Alianza Lima, do Peru, por 2 a 0 na noite desta quarta-feira, 13, no Beira-Rio. O atacante uruguaio foi o grande destaque da partida, marcando os dois gols. 

Com o segundo triunfo consecutivo no torneio continental, o Colorado alcançou os seis pontos e disparou na liderança do grupo A – o River Plate é o segundo com dois, seguido do Alianza e do Palestino, ambos com apenas um. Agora, a equipe de Odair Hellmann se prepara para o clássico Gre-Nal no próximo domingo, 17, na Arena, a partir das 19 horas, pela décima rodada do Gauchão.

PRIMEIRO TEMPO

Com Rafael Sobis entre os titulares, o Internacional começou o jogo em alta velocidade. Logo aos 2 minutos, Patrick tocou para Sobis, que encontrou Iago na área. O lateral-esquerdo chutou, mas Gallese espalmou para fora. Aos 7, a pressão inicial surtiu efeito. Nico López recebeu de William Pottker, dominou e chutou no canto esquerdo de Gallese, que foi na bola, mas não alcançou – 1 a 0. Só dava Inter. Aos 11, Sóbis recebeu em frente à área, girou e finalizou por cima do gol de Gallese. O Alianza Lima ameaçou aos 14. Após bate-rebate na pequena área, Ugarriza bateu e obrigou Marcelo a Lomba opera faz um milagre, evitando o empate dos peruanos.

Melhor no duelo, o Colorado ampliou o placar aos 19. Rafael Sobis deu belo lançamento para Nico López. O camisa 7 dominou, entortou o primeiro marcador, se livra do segundo e arriscou. A bola desviou na zaga e matou Gallese – 2 a 0. Aos 29, os donos da casa sofreram uma baixa. Com um desconforto muscular, Patrick deu lugar a Nonato e deixou o campo bastante aplaudido pela torcida. O Inter seguiu mostrando bom futebol até o final, enquanto os peruanos não voltaram a assustar a meta de Lomba.

SEGUNDO TEMPO

O confronto recomeçou com um lance polêmico aos 2 minutos. Manzaneda tentou cortar Rodrigo Dourado e caiu dentro da grande área. Porém, o árbitro venezuelano Jesús Valenzuela mandou o jogo seguir. O Colorado trocava passes em busca de espaços e o Alianza Lima buscava alternativas para igualar o escore. Em razão da forte marcação dos dois lados, as conclusões a gol praticamente eram escassas.

Aos 19, os mais de 42 mil colorados vibraram com a entrada de D'Alessandro na vaga de William Pottker. Aos 22, Nico López, o nome do jogo, arriscou da intermediária e a bola desviou na zaga. Aos 26, D'Alessandro cobrou escanteio na cabeça de Dourado, mas Gallese, atento, segurou firme. Aos 33, foi a vez de Pedro Lucas substituir Rafael Sóbis. A equipe peruana tentou esboçar uma reação, no entanto, não exigiu nenhuma intervenção de Marclo Lomba. O Inter administrou a vantagem até o final e comemorou o triunfo, que lhe garantiu a liderança isolada.

COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA
1ª FASE – 2ª RODADA
GRUPO A
INTERNACIONAL 2 a 0 ALIANZA LIMA

Data e horário: Quarta-feira, 13 de março, 21h30
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre
Arbitragem: Jesús Valenzuela, com Jorge Urrego e Lubin Torrealba (Venezuela)
Gols: Internacional - Nico López (9/1ºT e 19/1ºT)
Cartões amarelos: Rodrigo Moledo e Víctor Cuesta (Internacional); Cartagena, Kevin Quevedo e Tomás Costa (Alianza Lima)

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado, Edenilson, Patrick (Nonato), William Pottker (D'Alessandro) e Nico López; Rafael Sóbis (Pedro Lucas)
Técnico: Odair Hellmann

ALIANZA LIMA
Gallese; Cuba, Rojas, Godoy e Guidino; Cartagena, Tomás Costa e Luis Ramírez (Arroé); Kevin Quevedo (Rodríguez), Manzaneda e Ugarriza (Sánchez)
Técnico: Miguel Ángel Russo


MAIS LIDAS