Gaúcho Série B 12/04/2019 20h08 Atualizado às 09h55

Santa Cruz empata e assume a liderança provisória

Mesmo tendo dois jogadores a mais, Galo esteve duas vezes à frente do placar, mas ficou no 2 a 2 com o Nova Prata

A vantagem numérica não foi suficiente para o Santa Cruz, que empatou em 2 a 2 com o Nova Prata na noite desta sexta-feira, 12, nos Plátanos, pela terceira rodada da Série B do Campeonato Gaúcho. O time carijó chegou a estar duas vezes à frente do placar, mas cedeu a igualdade ao adversário, que teve dois jogadores expulsos – um em cada tempo.

Apesar disso, o Galo assumiu a liderança provisória do grupo B com quatro pontos, um a mais que o Gaúcho, que enfrenta o Cruz Alta neste domingo, 14, às 11 horas, em Passo Fundo. A equipe alvinegra terá a semana livre para treinamentos a fim de encarar justamente o Gaúcho no próximo sábado, 20, véspera de Páscoa, às 15 horas, fora de casa.

PRIMEIRO TEMPO:

O Santa Cruz tomou a iniciativa, mas não conseguia oferecer perigo à meta do goleiro André. Aos 17, Rodrigo recebeu, girou e finalizou longe do gol. Ao aparecer primeira vez com mais força no ataque, o Nova Prata abriu o placar. Na falha defensiva do Galo, Nery ficou com a sobra e tocou na saída de Eduardo – 1 a 0. Mesmo em desvantagem, a torcida empurrou o time, que buscava alternativas para superar a marcação dos visitantes.

Aos 31, Rodrigo cobrou falta, Carlos Eduardo cabeceou e a bola tirou tinta da trave. A equipe da Serra ficou com um jogador a menos aos 34. O volante Dagoberto cometeu falta dura em Marcos Vinícius e, como já tinha cartão amarelo, levou o segundo e foi expulso pelo árbitro Rodrigo Crivellaro. O time carijó encontrava dificuldades para igualar o marcador, enquanto o Nova Prata ganha segundos preciosos a cada parada de lance.

Aos 40, Ryan finalizou cruzado e Eduardo segurou firme. Logo em seguida, Juliano Fogaça bateu falta e Júlio Sant'Anna desviou pela linha de fundo. O Nova Prata pagou caro pela sequência de faltas durante a etapa inicial. Aos 43, Rodrigo cobrou rasteiro e Guilherme Wegmann apenas completou para o fundo da rede – 1 a 1. Depois do empate, o Santa Cruz seguiu controlando as ações e ocupando o campo do adversário.

SEGUNDO TEMPO

Aos 2 minutos Duan concluiu na entrada da grande área, mas a bola saiu sem direção. Dois minutos depois, o Galo sofreu uma baixa na zaga. Com uma lesão muscular, Marcos Vinícius foi substituído por Júlio. Na sequência, o time carijó virou o placar. E com direito a uma pintura de Juliano Fogaça, destaque da equipe nesta temporada. O camisa 11 recebeu de Júlio Sant'Anna, passou por três marcadores e finalizou, de canhota, no canto direito de André – 2 a 1 e o terceiro gol dele na Terceirona.

Aos 7, Fogaça bateu colocado e o goleiro do Nova Prata fez boa defesa. O técnico Dárley Costa promoveu a segunda mudança aos 25, com Piauí na vaga de Léo Rabuske. Quatro minutos mais tarde, os visitantes deixaram tudo igual outra vez. Motta bateu falta no ângulo direito de Eduardo – 2 a 2 um balde de água fria na torcida do Galo.

O duelo, que parecia controlado pelos donos da casa, ficou tenso nos minutos finais. Em busca de uma nova virada, o Santa Cruz acelerou o jogo e ensaiou uma pressão. Aos 38, Diego entrou no lugar de Carlos Eduardo na última tentativa de ficar outra vez à frente do escore. O time da Serra ficou com nove em campo, após uma nova expulsão aos 41. Boneco cometeu falta em Diego, levou o segundo amarelo e foi mais cedo para o chuveiro. Aos 43, Guilherme Wegmann, de cabeça, mandou para fora. Apesar do abafa nos acréscimos, o confronto terminou empatado.

GAÚCHO SÉRIE B
3ª RODADA
GRUPO B
SANTA CRUZ 2 a 2 NOVA PRATA

Data e horário: Sexta-feira, 12 de abril, 20h
Local: Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul
Arbitragem: Rodrigo Crivellaro, com Haury Temp e Rodrigo Dahmer
Gols: Santa Cruz - Guilherme Wegmann (43/1ºT), Juliano Fogaça (4/2ºT); Nova Prata - Nery (19/1ºT), Motta (29/2ºT)
Cartões amarelos: Elias, Rodrigo, Léo Rabuske e Carlos Eduardo (Santa Cruz); Diego, Dagoberto, Gregory, Boneco e Ramon (Nova Prata)
Cartões vermelhos: Dagoberto e Boneco (Nova Prata)

SANTA CRUZ
Eduardo; Elias, Jair, Marcos Vinícius (Júlio) e Fabrício; Leonardo Rabuske (Piauí), Carlos Eduardo (Diego), Juliano Fogaça, Rodrigo Dias e Júlio Sant’Anna; Guilherme Wegmann
Técnico: Dárley Costa

NOVA PRATA
André; Ryan, Diego, Gregory e Boneco; Dagoberto, Ramon, Motta e Nery (Evander); Duan (Gabriel) e Guilherme
Técnico: Valdir Lemos