Gre-Nal 14/04/2019 15h18 Atualizado às 20h34

Grêmio e Inter empatam sem gols no Beira-Rio

Quem vencer na próxima quarta-feira, às 21h30, na Arena, leva o título gaúcho

O clássico Gre-Nal voltou a decidir o título do Gauchão depois de quatro anos. Na primeira partida da final, disputada nesse domingo, 14, no Beira-Rio, Internacional e Grêmio ficaram no 0 a 0. Ambas as equipes tiveram oportunidade de marcar, mas os goleiros Paulo Victor, do Grêmio, e Marcelo Lomba, do Inter, se destacaram e foram responsáveis pelo placar zerado.

PRIMEIRO TEMPO

O Inter tomou a iniciativa na partida. Logo aos 2 minutos Edenilson recebeu na área e desabou após choque com Cortez. Os colorados pediram pênalti não dado por Leandro Vuaden. Aos 6, Rithely lançou para Nico López que chutou com perigo ao gol defendido por Paulo Victor. Um minuto depois foi a vez de D’Alessandro arriscar, mas passou longe do gol gremista.
Aos 9 minutos foi a vez do Grêmio chegar com Everton. O gremista colocou a bola no meio das pernas de Zeca que fez a falta. Jean Pyerre cobrou e Kannemann cabeceou livre por cima do gol de Marcelo Lomba. Geromel recebeu a bola perto da área aos 12 minutos e chutou por cima do gol de Lomba.
O técnico colorado Odair Hellmann precisou mexer na equipe logo aos 13 minutos. Rithely sentiu uma lesão na panturrilha e precisou ser substituído por Rodrigo Lindoso. Aos 14, novo pedido de pênalti pelos colorados. Nico López desabou na área ao trombar com Pedro Geromel, porém o árbitro Leandro Vuaden nada marcou.
A esta altura o Grêmio passou a dominar as ações no meio de campo. Aos 15, numa grande jogada pela esquerda, Cortez cruzou na área colorada e nenhum jogador gremista conseguiu empurrar a bola para o gol. O lado esquerdo de ataque passou a ser explorado pelo Grêmio com a rapidez de Cortez e Everton. Aos 20, nova investida tricolor. Cortez chegou livre nas costas de D’Alessandro e cruzou muito alto. Após o lance, o técnico Renato esbravejou chutando uma garrafinha de água que estava próxima ao banco de reservas do Grêmio. Aos 21, Alisson recebeu na intermediária, passou por Patrick e soltou a bomba. A bola chegou a tocar na trave antes de sair por cima do gol.
Na parada para hidratação aos 23 minutos, Rafael Sóbis, do banco de reservas, foi advertido com um cartão amarelo pelo árbitro Leandro Vuaden. Após a parada para hidratação, o Inter voltou a pressionar, a exemplo do início da partida. Aos 31, após grande jogada, Patrick adentrou a área tricolor e cruzou para Guerrero que chegou de carrinho na bola. Paulo Victor conseguiu buscar a um palmo da linha.
Aos 35 minutos Edenílson cruzou para Cuesta, que chutou. Paulo Victor saiu do gol para defender. Aos 40 minutos, após falta em Everton, Jean Pyerre cruzou e a bola passou direto para a linha de fundo. O primeiro tempo ainda reservou uma confusão já nos acréscimos. Cuesta dividiu uma jogada com Matheus Henrique. Renato não gostou e colocou o dedo na cara do argentino.

Foto: Lucas Uebel/GrêmioDecisão ficou para a próxima quarta-feira na Arena
Decisão ficou para a próxima quarta-feira na Arena


SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo começou com menos intensidade que o primeiro. Aos 6 minutos Iago tocou para Nico López próximo à área e sofreu a falta de Maicon. Na cobrança, D’Alessandro chutou na barreira. Aos 10 minutos André levou cartão amarelo por atingir Rodrigo Moledo no rosto. Vuaden consultou o VAR para verificar se o gremista merecia uma punição maior. Acabou mandando o jogo seguir.
Aos 13 foi a vez do Grêmio pedir pênalti. André se jogou na área após choque com a defesa colorada e o árbitro Vuaden deu sequência à partida. Aos 20, Jean Pyerre recebeu de Matheus Henrique e chutou com a perna esquerda, tirando tinta da trave do gol de Lomba. Aos 21, numa jogada de grande velocidade pela lado esquerdo de ataque, Everton adentrou a área colorada e só parou em Marcelo Lomba, que fez grande defesa. Aos 29 minutos, Nico López recebeu sobra de dividida entre Michel e Paolo Guerrero e, dentro da área, chutou para o gol com a perna esquerda. Paulo Victor fez grande defesa.
Na sequência da jogada, no contra-ataque gremista, Everton recebeu passe e parou em Rodrigo Modelo. Aos 35, Nico López chutou de fora da área. Paulo Victor espalmou e, no rebote, Guerrero chutou forte, mas o goleiro gremista pegou novamente. Nico passou a administrar o jogo colorado. Aos 42, Patrick recebeu cruzamento de Nico Lopez e cabeceou buscando o canto de Paulo Victor, mas a bola saiu ao lado da goleira.
Aos 43, mais uma jogada de Nico Lopez. Dessa vez o uruguaio recebeu ao lado da área e lançou. A bola quase encobriu Paulo Victor, mas saiu por cima do gol. Ainda houve tempo para Jean Pyerre, aos 47, cobrar uma falta da intermediária, que passou longe do gol de Marcelo Lomba. Aos 50 minutos do segundo tempo o árbitro Leandro Vuaden apitou o final da partida, sob o olhar de 45.209 torcedores.
A decisão do título gaúcho ficou para a quarta-feira, às 21h30min na Arena. Quem vencer leva a taça. Como não há gol qualificado, qualquer empate leva a decisão para os pênaltis.

GAUCHÃO 2019
FINAL - JOGO 1
INTERNACIONAL 0x0 GRÊMIO

Data e horário: Domingo, 14 de abril, 16h
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Arbitragem: Leandro Pedro Vuaden, com Élio Nepomuceno de Andrade Júnior e José Eduardo Calza
Arbitragem de vídeo: Péricles Bassols Cortez, com Alexandre Vargas Tavares de Jesus
Cartão amarelo: Rafael Sóbis (Internacional), Nico López (Internacional), Rodrigo Lindoso (Internacional) e Iago (Internacional). André (Grêmio) e Michel (Grêmio).

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Rithely (Rodrigo Lindoso), Edenilson, D’Alessandro (Guilherme Parede), Nico López e Patrick; Guerrero (Rafael Sóbis).
Técnico: Odair Hellmann

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Michel), Alisson (Diego Tardelli), Jean Pyerre e Everton; André (Pepê).
Técnico: Renato Portaluppi