Gaúcho B 10/06/2019 19h54 Atualizado às 06h44

Com gol quase no fim, Santa Cruz perde para o Guarany-BG

Galo precisará vencer o time da Campanha no jogo de volta das quartas de final

Não deu para o Santa Cruz no duelo de ida das quartas de final da Série B do Campeonato Gaúcho. Mesmo jogando melhor, principalmente no segundo tempo, o Galo levou o gol aos 42 minutos e perdeu por 1 a 0 para o Guarany de Bagé na noite desta segunda-feira, 10, nos Plátanos. 

Por conta do saldo de gols qualificado como um dos critérios de desempate, o time cariijó precisa vencer por ao menos de um gol de diferença, exceto se devolver o 1 a 0, placar que leva a definição da vaga às semifinais para os pênaltis. O confronto de volta ainda não foi oficializado pela Federação Gaúcha de Futebol, mas deve ocorrer no próximo domingo, 16, às 15h30, no Estrela D'Alva. A equipe da Campanha se classifica com um novo triunfo ou empate.

PRIMEIRO TEMPO

O Santa Cruz criou uma boa oportunidade com Rodrigo logo aos 5 minutos. Após falha defensiva, ele viu o goleiro Éder adiantado, mas colocou muita na força na bola e ela saiu pela linha de fundo. O Guarany também se lançava ao ataque, mas o Galo tinha as melhores chances. Aos 16, Elias ficou com a sobra e mandou para fora. Os visitantes responderam aos 19, mas o arremate de Willian Guedes foi sem direção.

Quatro minutos mais tarde, o time carijó quase abriu o placar. Breno arriscou do meio da rua e a bola passou muito próxima do ângulo esquerdo de Éder. A equipe alvinegra marcava mais presença no campo ofensivo, porém não conseguia criar jogadas de aproximação. Aos 35, Diego Vianna finalizou e Léo Konzen segurou firme, no meio do gol. O confronto era marcado por poucas situações efetivas dos dois lados e muita marcação. Sobrava disposição e faltava inspiração para o Santa Cruz.

SEGUNDO TEMPO

O Galo voltou do intervalo com uma alteração. Marcos Vinícius saiu para a entrada de Fabrício. A mudança fez Kevlin ser deslocado para a zaga. Na primeira chegada, Victor Seedorf tentou de longe e a bola passou perto da meta de Éder. Aos 5, Igor Nobre, de peixinho, exigiu uma grande defesa do arqueiro do Guarany, mas o camisa 11 estava impedido. Com Fabrício no ataque, o time alvinegro ganhou mais força ofensiva.

Aos 9, Willian Guedes bateu completamente torto. No entanto, dois minutos depois, ele finalizou e Léo Konzen fez uma defesaça, espalmando para escanteio. O duelo seguiu equilibrado, mas ninguém conseguia balançar a rede. Aos 22, Guilherme Sapé tocou para Igor Nobre, que finalizou e Éder defendeu com tranquildade. Apesar do domínio das ações, o Santa Cruz encontrava dificuldades para superar a defesa adversária.

Aos 36, Wegmann concluiu de frente para o gol e Éder salvou o Guarany. Em seguida, ele foi substituído por Júlio Sant'Anna. Os visitantes marcaram aos 42 após um vacilo defensivo do time carijó. Sapé escorregou dentro da área e Diego Rocha bateu de canhota, sem chances para Léo Konzen – 1 a 0. Aos 46, Rodrigo cobrou falta pela linha de fundo. Antes do apito, Everton ocupou a vaga de Sapé. Aos 49, o zagueiro Felipe foi expulso ao impedir um contra-ataque. Fim de papo e o Galo largou em desvantagem nas quartas de final. Na noite de domingo, 9, o meia Gustavinho pediu desligamento do clube. A decisão foi tomada depois de saber que não estaria entre os relacionados para a partida desta segunda.

GAÚCHO B
QUARTAS DE FINAL
JOGO 1
SANTA CRUZ 0 a 1 GUARANY-BG

Data e horário: Segunda-feira, 10 de junho, 20h
Local: Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul
Arbitragem: Marcus Vinícius Gonçalves, com Claiton Timm e Bruno Prestes França
Gol: Guarany - Diego Rocha (42/2ºT)
Cartões amarelos: Guilherme Wegmann e Marcos Vinícius (Santa Cruz); Diego Rocha e Igor (Guarany)
Cartão vermelho: Felipe (Santa Cruz)

SANTA CRUZ
Léo Konzen; Guilherme Sapé (Everton), Felipe, Marcos Vinícius (Fabrício) e Breno; Kevlin, Elias, Victor Seedorf e Rodrigo; Igor Nobre e Guilherme Wegmann (Júlio Sant'Anna)
Técnico: Jair Galvão

GUARANY-BG
Éder, Raphinha, Igor, Diego Rocha e Kevin; Vagner, Jaime, Baggio (Diego Abreu) e Willian Guedes (Lucas); Diego Vianna (Robinho) e Itamar
Técnico: Vanderson Pereira


MAIS LIDAS