Tricolor 04/07/2019 23h19 Atualizado às 07h52

Renato cobra mais do sistema ofensivo do Grêmio

Time faz jogo-treino com o Criciúma e efetividade no ataque está na mira do técnico para o retorno do time às competições

Antes de enfrentar o Criciúma em jogo-treino na tarde desta sexta-feira, no CT Luiz Carvalho, o técnico do Grêmio, Renato Portaluppi, cobrou melhor desempenho do sistema ofensivo no treino dessa quinta-feira. Durante o primeiro semestre, a equipe marcou dez gols em nove jogos no Brasileirão e oito em seis na Libertadores da América. Na Copa do Brasil, passou pelo Juventude com 0 a 0 em Caxias do Sul e 3 a 0 em Porto Alegre, avançando para pegar o Bahia nas quartas de final – o primeiro duelo será na quarta-feira que vem, às 19h15, na Arena.

Com o apito na mão, Renato procurou corrigir o posicionamento dos atacantes, deu dicas e pediu mais capricho nas finalizações das jogadas, principalmente dos centroavantes Felipe Vizeu e André. Essa foi a tônica da atividade gremista no CT nessa quinta-feira. Do outro lado do gramado, o auxiliar-técnico Alexandre Mendes orientou um trabalho com os zagueiros.

No treino comandado por Renato, o trabalho envolveu cruzamentos dos laterais e conclusões dos atacantes. “São coisas que acontecem no jogo. Temos que caprichar cada vez mais para, quando acontecer no jogo, termos sucesso”, comentou o lateral-direito Leonardo, em entrevista coletiva. Ele afirmou que o time deve apresentar um rendimento melhor em relação ao mostrado na derrota por 4 a 1 para o São José no jogo-treino da última segunda-feira.

“Vai ser um jogo melhor, diferente. O Renato deve cobrar mais, explicar mais o que ele quer. Mas, com certeza, vamos fazer um bom jogo”, assegurou Leonardo. O zagueiro Paulo Miranda ainda não trabalhou com os demais companheiros. Em recuperação de lesão no músculo posterior da coxa direita, ele treinou com bola na fisioterapia.


MAIS LIDAS