Copa do Brasil 09/07/2019 22h41 Atualizado às 15h07

Após recesso, Grêmio corre por afirmação

Time de Renato esteve irregular antes da Copa América e promete recuperar o bom cartaz no segundo semestre, a começar contra o Bahia

Classificado às oitavas de final da Libertadores e às quartas da Copa do Brasil, o Grêmio entrou no recesso do calendário dos clubes para a realização da Copa América sob desconfiança, devido ao desempenho irregular no Brasileirão. O técnico Renato Portaluppi e os próprios jogadores prometeram ajustar a equipe durante a intertemporada, a fim de voltar para o segundo semestre como protagonista nas três competições. E o recomeço do Tricolor gaúcho será hoje, às 19h15, diante do Bahia pelo torneio nacional de mata-mata, na Arena, em Porto Alegre.

O Grêmio despachou o Juventude nas oitavas de final da Copa do Brasil e continua atrás do seu sexto título da competição. Porém, Renato pode ter dois desfalques para a partida contra o Bahia. Carregado por integrantes do Departamento Médico, o volante e capitão Maicon abandonou o treino recreativo da tarde de ontem após sentir uma pancada no tornozelo, logo no início da atividade. Outra dúvida é sobre o atacante Diego Tardelli, que não foi visto entre os atletas na parte em que a movimentação esteve aberta à imprensa. O clube não se pronunciou sobre a ausência dele.
Em compensação, o atacante Everton, campeão da Copa América pela seleção brasileira no último domingo, retornou às atividades no CT Luiz Carvalho nessa terça-feira e, ainda aguardando por uma possível negociação ao futebol europeu, está à disposição de Renato no duelo contra o Bahia.

No Bahia, o goleiro candelariense Douglas espera fechar a meta contra o Grêmio, como fez com a camisa do Avaí no Brasileirão de 2017. “Somos capazes de sair de Porto Alegre sem sofrer gols, algo que é importante para o jogo de volta”, avisou. O time do técnico Roger Machado está animado pela chegada de sete reforços na intertemporada.

COPA DO BRASIL

Arena – Porto Alegre

Hoje, 19h15

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon ou Rômulo, Alisson, Diego Tardelli ou André ou Felipe Vizeu e Everton; Luan Técnico: Renato Portaluppi

BAHIA
​Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Jackson e Moisés; Elton, Gregore, Elber, Ramires e Arthur; Gilberto Técnico: Roger Machado

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, com Rodrigo Corrêa e Luiz Cláudio Regazone Vídeo: Rodrigo Nunes de Sá; com Carlos Nunes Braga e Diogo Carvalho Silva
Rádio: Gazeta FM 107.9, Gazeta FM 98.1 e Rio Pardo FM 103.5 TV: Premiere

Everton se esquiva sobre o seu futuro

Maior nome atualmente no futebol brasileiro e destaque da Copa América pela seleção brasileira, o atacante Everton deu o seu jeito para se esquivar das perguntas quanto ao seu futuro, que pode ser em algum clube da Itália ou da Inglaterra. Bombardeado de indagações relacionadas ao seu destino iminente, o atacante do Grêmio prometeu que falará sobre o assunto após a partida de hoje.

“Depois do jogo, na quarta, posso falar algo, me posicionar. Não é o momento de criar expectativa, ansiedade. Temos um jogo importante e quero jogar para ajudar”, resumiu o Cebolinha em entrevista coletiva ontem. Se não comentou sobre o possível destino, Everton explicou os motivos que o fariam deixar o Grêmio. Afirmou que a questão financeira, naturalmente, é importante, mas salientou que não sairá da equipe gaúcha para ter pouco espaço em algum clube da Europa.

“Não digo que seja o momento de sair do Grêmio. Se chegar algo que eu entenda que for bom para mim, para o clube, vamos conversar. Tem que ver questões financeiras, técnicas. Não adianta sair de um clube no qual me sinto bem para uma liga europeia para não jogar. Isso não vai me agradar”, ressaltou. O valor da multa rescisória do jogador é de 80 milhões de euros (cerca de R$ 341 milhões), e o presidente tricolor Romildo Bolzan Júnior já avisou que vai “fazer o maior negócio do Grêmio de todos os tempos”.

Everton foi a grande atração ontem, no treino do Grêmio no CT Luiz Carvalho. Depois de conquistar a Copa América com o Brasil, o atacante treinou normalmente e deve enfrentar o Bahia. Ele diz estar vivendo um “momento mágico” e afirmou que, se sair, que seja com um título relevante para abrilhantar ainda mais sua passagem pelo Grêmio.