Copa do Brasil 10/07/2019 19h03 Atualizado às 21h43

Grêmio empata com Bahia e decisão fica em aberto

Tricolor gaúcho não conseguiu a vantagem contra os baianos no primeiro confronto das quartas de final

No retorno depois do recesso da Copa América, o Grêmio empatou em 1 a 1 com o Bahia na noite desta quarta-feira, 10, na Arena, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Com o resultado, ficou tudo em aberto para o segundo duelo, que será na próxima quarta-feira, 17, às 19h15, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Quem vencer, avança às semifinais. Como não há gol qualificado, um novo empate por qualquer escore empurra a decisão para os tiros livres da marca do pênalti. No sábado que vem, 13, o Tricolor volta as atenções ao Brasileirão, enfrentando o Vasco, às 17 horas, novamente em Porto Alegre, pela décima rodada.

PRIMEIRO TEMPO

O Tricolor entrou em campo com o volante e capitão Maicon, mas sem o atacante Diego Tardelli, que sentiu uma gastroenterite, e deu lugar a Jean Pyerre. Na frente, o técnico Renato Portaluppi optou por André, deixando Luan no banco de reservas. Outras novidades foram os retornos do zagueiro Kannemann, recuperado de dores na região lombar, e do atacante Everton Cebolinha, destaque da seleção brasileira e artilheiro da Copa América.

Os donos da casa começaram melhor, porém com poucas ações ofensivas. Armado no contragolpe, o Bahia esperava um erro do adversário para sair em velocidade. O time gaúcho tentava encontrar espaços, no entanto tinha dificuldade para chegar na grande área com abertura para finalização.

Apesar de disputado, o duelo seguia morno. Os visitantes ameaçaram aos 29. Elber recebeu na esquerda e tocou na entrada da área para Eric Ramires, que chutou de primeira. A bola passou à esquerda da meta de Paulo Victor.O Grêmio respondeu aos 33. Everton arriscou de fora, mas a bola desviou e sai ao lado do gol defendido pelo candelariense Douglas Friedrich. Na sequência, Jean Pierre arrematou da entrada da área e acertou a trave do Bahia, na melhor chance do confronto até o momento.

Aos 37, outra grande chance. Alisson escorou para André, que cabeceou à à queimar-roupa, obrigando o goleiro a uma defesaça. O Tricolor era mais incisivo e voltou a criar oportunidade aos 40. Jean Pyerre ficou com a sobra e bateu forte. Douglas Friedrich encaixou a bola firme. Aos 47, Everton invadiu a área e sofreu pênalti do arqueiro baiano. Ele mesmo cobrou no canto direito e deu a vitória parcial ao Grêmio.

SEGUNDO TEMPO

O Bahia voltou mais ligado e empatou logo aos 4 minutos. Após cobranã de escanteio da direita, Moisés desviou, Paulo Victor não alcançou e Gilberto, livre de marcação na segunda trave, completou para o gol vazio – 1 a 1. Com a igualdade no placar, o Grêmio tentou se impor para ocupar o campo de ataque. Aos 13, Jean Pyerre pegou o rebote do escanteio e emendou de primeira, mas a bola saiu sem direção.

Aos 20, troca em dose dupla no Tricolor gaúcho: Alisson saiu para a entrada de Pepê e Jean Pyerre foi substituído por Luan. Aos 23, Everton finalizou e a bola passou à esquerda do gol de Douglas Friedrich, que não foi exigido desde então. Dois minutos minutos, quase a virada do Grêmio. Luan arriscou da intermediária e, por pouco, não acertou o ângulo.

Irritado com o baixo rendimento de André, Renato sacou o camisa 90, que saiu vaiado, e colocou Felipe Vizeu, aos 34. Logo em seguida, o Bahia, por pouco, não ficou em vantagem. Artur fez grande jogada pela esquerda e arrematou para excelente defesa de Paulo Victor. Bem postada na defesa, a equipe visitante marcava forte e não cedia espaços. O Grêmio busca as conclusões de média distância. Aos 37, Matheus Henrique bateu e Douglas defendeu sem problemas.

A partir dos 40, os donos da casa tiveram de atuar com dez jogadores. Isso porque Vizeu lesionou o joelho esquerdo ao sofrer falta de Lucas Fonseca. Como já havia feito as três mudanças, o time ficou com dez em campo. Aos 43, Luan chutou e Douglas defendeu. No lance seguinte, Artur disparou e, após ficar cara a cara com Paulo Victor, acabou mandando pela linha de fundo. No final, uma mistura de vaias e aplausos dos 28,8 mil torcedores.

COPA DO BRASIL
QUARTAS DE FINAL
JOGO 1
GRÊMIO 1 a 1 BAHIA

Data e horário: Quarta-feira, 10 de julho, 19h15
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique, com Rodrigo Corrêa e Luiz Cláudio Regazone (RJ)
Vídeo: Rodrigo Nunes de Sá; com Carlos Nunes Braga e Diogo Carvalho Silva (RJ)
Gols: Grêmio - Everton (47/1ºT); Bahia - Gilberto (4/2ºT)
Cartões amarelos: Matheus Henrique e Leonardo (Grêmio); Moisés e Lucas Fonseca (Bahia)

GRÊMIO
Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon, Alisson (Pepê), Jean Pyerre (Luan) e Everton; André (Felipe Vizeu)
Técnico: Renato Portaluppi

BAHIA
Douglas Friedrich; Nino Paraíba (Flávio), Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Elton, Elber, Ramires (Guerra) e Artur; Gilberto (Fernandão)
Técnico: Roger Machado