Velocidade 18/08/2019 14h43 Atualizado às 19h32

Paulo Salustiano vence corrida 2 da Copa Truck em Santa Cruz

Piloto já havia ficado em 3º lugar na primeira corrida. Felipe Giaffone e André Marques completaram o pódio

3º colocado na primeira corrida da Copa Truck em Santa Cruz do Sul, Paulo Salustiano buscou a 1ª posição na segunda. O 2º lugar ficou com Felipe Giaffone, André Marques ficou em 3º, Wellington Cirino em 4º e Leandro Totti em 5º.

Em uma disputa dura, com direito a um enrosco no fim da reta principal, Salustiano conseguiu efetuar a ultrapassagem após os dois esparramarem para a área de escape da curva 1. Giaffone não escondeu a insatisfação pelo incidente, enquanto Salustiano seguiu livre para somar seu terceiro triunfo neste ano.

"Estou emocionado e feliz com essa vitória. Foi uma batalha difícil. Tentei ultrapassá-lo, tomei um toque na traseira, acabamos nos enroscando, mas deu tudo certo e a equipe está de parabéns. Agora é comemorar!", comentou Salu, que sai de Santa Cruz do Sul como maior pontuador e líder da Terceira Copa com 36 pontos, cinco a mais que Totti, quinto na prova 2.

O fim de semana também contou com quebras espetaculares, com direito a muita fumaça, óleo e peças voando: casos de Adalberto Jardim no sábado e Roberval Andrade, Débora Rodrigues e Luis Lopes no domingo - o que chegou até a provocar o fim da primeira prova com Safety Car na pista para a limpeza do óleo no traçado.

As provas do fim de semana foram acompanhadas pelo programa Pé na Estrada, da Rádio Gazeta, apresentado por André Black. Agora, a Copa Truck faz um intervalo de 15 dias para retornar em 1º de setembro, em Rivera, no Uruguai, na única prova internacional do certame.

 

Foto: Bruno PedryPúblico acompanhou as corridas no alambrado do Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul
Público acompanhou as corridas no alambrado do Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul

 

Confira abaixo o resultado da corrida 2:

1. Paulo Salustiano (Volkswagen) - 14 voltas em 25min25s385
2. Felipe Giaffone (Iveco) - a 8.394
3. André Marques (Mercedes-Benz) - a 10.410
4. Wellington Cirino (Mercedes-Benz) - a 10.722
5. Leandro Totti (Mercedes-Benz) - a 11.036
6. Regis Boessio (Volvo) - a 12.987
7. Pedro Paulo (Mercedes-Benz) - a 13.467
8. Clodoaldo Monteiro (MAN) - a 20.805
9. Luis Zapellini (MAN) - a 22.822
10. Renato Martins (Volkswagen) - a 28.502
11. Beto Monteiro (Volkswagen) - a 31.270
12. José Augusto Dias (Volkswagen) - a 53.190
13. Djalma Pivetta (Iveco) - a 1:08.331
14. Danilo Alamini (Iveco) - a 1:34.733

Não completaram 75% da prova

15. Witold Ramasauskas (Mercedes-Benz) - a 5 voltas
16. Jaidson Zini (Iveco) - a 6 voltas
17. Djalma Fogaça (Ford) - a 7 voltas
18. Adalberto Jardim (Ford) - a 14 voltas
19. Roberval Andrade (Mercedes-Benz) - não largou
20. Débora Rodrigues (Mercedes-Benz) - não largou
21. Luiz Lopes (Iveco) - não largou
22. Fábio Fogaça (Ford) - não largou

Melhor volta: Paulo Salustiano, 1min46s815