Brasileirão 04/10/2019 23h36 Atualizado às 13h42

Inter enfrenta o Cruzeiro no Mineirão

Colorado quer reencontrar a vitória, após tropeços seguidos para os dois primeiros colocados na tabela de classificação do certame

A sequência de dois jogos sem vitória no Brasileirão fez o Internacional perder “gordura” e deixar ameaçada a sua posição dentro do G-6, a zona do alto da tabela que leva para a Copa Libertadores da América. É com essa pressão que o time enfrenta o Cruzeiro às 21 horas deste sábado, 5, no Mineirão, pela 23ª rodada. Os tropeços recentes foram justamente nos principais candidatos ao título. Depois de perder para o Flamengo por 3 a 1, no Rio, o Colorado empatou em casa com o Palmeiras, por 1 a 1, e é o quinto colocado, com 37 pontos.

O centroavante peruano Paolo Guerrero está de volta após cumprir suspensão pela expulsão diante do Flamengo e tenta encerrar o jejum de quatro jogos sem marcar gols. Essa situação tem deixado o atacante irritado, tanto que discutiu com Emerson Santos em um dos treinos da semana, quando um cobrava o outro. Os ânimos se alteraram e, se não fosse a pronta ação dos colegas, os dois poderiam ter se agredido. “Coisa normal de futebol, principalmente quando os próprios jogadores estão querendo dar mais. Tudo está resolvido”, assegurou o técnico Odair Hellmann/ Ele fez mistério na definição do time, que deve ter D’Alessandro como opção no banco de reservas.

Liberado pelo Departamento Médico após desfalcar o time nas últimas cinco partidas por causa de uma lesão muscular na coxa direita, o meia argentino foi relacionado e disputa vaga com Nonato, que deve ser o titular. “Temos que estar preparados para tudo. Temos que encarar como um jogo muito importante, há pouco tempo foi um jogo de semifinal de Copa do Brasil. Vamos lá para tentar vencer, pois temos nossos objetivos no campeonato e precisamos pontuar”, enfatizou o goleiro Marcelo Lomba.

BRASILEIRÃO
Mineirão – Belo Horizonte
Sábado, 21h

CRUZEIRO
Fábio; Orejuela, Dedé, Fabrício Bruno e Egídio; Ariel Cabral ou Jadson, Ederson, Robinho e Thiago Neves; David e Fred Técnico: Abel Braga

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs, Víctor Cuesta e Zeca; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Nonato e Patrick; Nico López e Paolo Guerrero Técnico: Odair Hellmann

Arbitragem: Wagner Magalhães (RJ), com Marcelo Van Gasse (SP) e Carlos Alves de Lima Filho (RJ); Vídeo: Pathrice Corrêa Maia (RJ), com Christiano Nascimento (DF) e Silbert Faria Sisquim (RJ)

Rádio: Gazeta FM 107.9 e Rio Pardo FM 103.5
TV: Premiere

Raposa apavorada
O Cruzeiro tem mais um jogo-chave em sua luta contra o rebaixamento no Brasileirão. O time do técnico Abel Braga recebe o Internacional e busca a primeira vitória no returno. Em três partidas na segunda parte do campeonato, a Raposa somou apenas um ponto. Sem falar que os 19 somados com quatro vitórias e sete empates representam a menor pontuação para 22 rodadas durante todo este século no clube mineiro. “A nossa decisão é agora. Muito mais decisiva do que foi a Copa do Brasil”, comentou o experiente goleiro Fábio, dando o tom da partida.

Após as quedas de Mano Menezes e Rogério Ceni, Abel Braga tem a missão de tirar o Cruzeiro da delicada situação no Brasileirão. O treinador fez mistério em relação ao substituto de Henrique, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Ariel Cabral sai na frente pela preferência, mas Jadson também pode aparecer na escalação. No ataque, Fred é titular ao lado de David e, assim, Sassá volta ao banco de reservas. “Essa semana ele (Abel) pôde conversar, trabalhar e ver que os jogadores têm algo que é suficiente para tirar o Cruzeiro dessa situação. Foi importantíssimo ter essa semana para trabalhar, passar mais confiança ao nosso treinador”, salientou Fábio.