Sem vitórias 08/10/2019 20h51 Atualizado às 11h33

Inter sente a pressão no G-6 do Brasileirão

Sem vitória nos últimos três jogos, Colorado tem de fazer as pazes com ela esta noite em Maceió para não sair da zona da Libertadores

A sequência de três jogos sem vitória no Brasileirão – derrota para o Flamengo e empates com Palmeiras e Cruzeiro – pressiona o Internacional hoje em Maceió, onde enfrenta o CSA a partir das 19h15, na abertura da 24ª rodada. Com 38 pontos, o Colorado ocupa a sexta posição da tabela, última da zona de classificação para a Copa Libertadores da América do ano que vem. O time precisa vencer para não correr o risco de deixar o G-6, já que o Bahia vem logo a seguir com 37 e recebe o São Paulo em Salvador também nesta quarta-feira, às 21 horas.

O returno rendeu apenas cinco pontos ao Internacional até agora – além dos empates nas duas últimas rodadas, teve a vitória magrinha por 1 a 0 sobre a Chapecoense na abertura da segunda parte do campeonato. O técnico Odair Hellmann recorreu a escalações diferentes nos quatro compromissos mais recentes e deve oferecer mais uma hoje à noite no Rei Pelé. Recuperado de lesão muscular na coxa direita, o meia argentino D’Alessandro enfim volta ao time titular, aproveitando a suspensão de Nonato pelo terceiro cartão amarelo.

Na zaga, Rodrigo Moledo é desfalque por três semanas devido a uma contusão na coxa direita e Emerson Santos ganha oportunidade ao lado do argentino Víctor Cuesta, já que Bruno Fuchs foi cedido para a seleção brasileira olímpica. O centroavante Paolo Guerrero está com a equipe nacional do Peru para amistosos nesta semana de datas Fifa e é outra importante baixa de Odair. Guilherme Parede deve enfrentar o CSA, mas Wellington Silva é outra opção do treinador colorado, assim como o colombiano Tréllez e Pedro Lucas, que se integraram ao grupo em Alagoas nessa terça-feira.
Após o 1 a 1 com o Cruzeiro no sábado, o Inter permaneceu mais dois dias em Belo Horizonte e treinou na Cidade do Galo, o CT do Atlético-MG. A preparação foi finalizada na tarde de ontem, já em Maceió. O adversário de hoje é considerado perigoso porque está assombrado pelo fantasma do rebaixamento e tenta sair da zona da degola, além ser orientado pelo velho conhecido Argel Fucks.

BRASILEIRÃO

Rei Pelé – Maceió

Hoje, 19h15

CSA
Jordi; Dawhan, Ronaldo Alves, Luciano Castán e Carlinhos; Naldo, João Vitor ou Jean Cléber, Apodi e Jonatan Gomez; Bustamante ou Bruno Alves e Ricardo Bueno Técnico: Argel Fucks

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Heitor, Emerson Santos, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick, D’Alessandro e Nico López; Parede Técnico: Odair Hellmann

Arbitragem: Vinícius Furlan, com Emerson Augusto de Carvalho e Enderson Turbiani da Silva (SP); Vídeo: Rodrigo Ferreira do Amaral (SP), com Marcelo de Lima Henrique (RJ) e Carlos Cardoso de Souza (RJ)
Rádio: Gazeta FM 107.9, Gazeta FM 98.1 e Rio Pardo FM 103.5 TV: Premiere