Brasileirão 04/12/2019 21h29 Atualizado às 11h13

Internacional perde e adia a vaga para Libertadores

Colorado foi derrotado pelo São Paulo por 2 a 1 e agora só tem chance de ficar com a vaga para a fase prévia

O torcedor ainda vai ter de esperar mais um pouco para saber se o Internacional vai ou não à Copa Libertadores da América de 2020. Com a derrota de 2 a 1 para o São Paulo na noite desta quarta-feira, 4, no Morumbi, pela 37ª e penúltima rodada do Brasileirão, o Colorado não tem mais chance de classificação para a fase de grupos – a última vaga ficou justamente com o Tricolor paulista.

No entanto, pode confirmar presença na fase prévia no próximo domingo, 8, quando recebe o Atlético-MG a partir das 16 horas, no Beira-Rio. O Inter parou nos 54 pontos, na oitava posição, e foi ultrapassado pelo Corinthians, que chegou a 56. Porém, se o Goiás perder ou empatar com o Palmeiras nesta quinta-feira, 5, às 19h15, em São Paulo, o Inter já garante a vaga na etapa preliminar do torneio continental e começará a disputa no início de fevereiro.

PRIMEIRO TEMPO

Com Patrick e D'Alessandro no banco de reservas, o Internacional encontrava dificuldades para chegar ao ataque. Já o São Paulo era mais agressivo e abriu o placar logo aos 15 minutos. Após erro na saída de bola, que deixou a defesa colorada desprotegida, Igor Gomes colocou Antony na cara do gol. O atacante teve frieza para tirar de Lomba e fazer 1 a 0.

Os visitantes continuavam sem conseguir criar situações, enquanto o Tricolor paulista controlou ainda mais as ações depois de sair em vantagem. Aos 24, Daniel Alves cobrou a falta por cima da barreira, e a bola passa perto da meta de Lomba, que estava na jogada.

Em nova conclusão, aos 31, Vitor Bueno mandou de canhota e o goleiro colorado espalmou para escanteio. A melhor chance do Inter ocorreu aos 39. Depois de uma boa trama, Nonato finalizou na entrada da área, com muito perigo, à esquerda do gol de Tiago Volpi. O São Paulo respondeu três minutos mais tarde. Daniel Alves recuperou a bola tocou para Pablo, que chutou forte e Lomba evitou o segundo gol.

SEGUNDO TEMPO

O Inter não teve tempo de esboçar qualquer reação na etapa complementar. Logo aos 4 minutos, em um contra-ataque fulminante, Tchê Tchê acionou Antony, que invadiu a área e serviu Vitor Bueno. O camisa 12 apenas deslocou Lomba – 2 a 0. O técnico Zé Ricardo decidiu mexer e mandou D’Alessandro e Nico López a campo nas vagas de Neilton e Nonato, respectivamente.

Aos 11, Arboleda desviou para o fundo da rede, porém estava impedido. O São Paulo era melhor e acumulava oportunidades. Aos 20, Pablo testou pela linha de fundo. Na sequência, Vitor Bueno cabeceou e Lomba fez boa defesa. O time gaúcho conseguiu descontar aos 24. Guerrero recebeu bateu forte de esquerda. A bola desviou em Juanfran, e Volpi defendeu. Mas, no rebote, Parede mandou para o gol vazio – 2 a 1. Apesar do esforço, o Inter amargou nova derrota e protelou a vaga para a Libertadores.

BRASILEIRÃO
37ª RODADA
SÃO PAULO  2 a 1 INTERNACIONAL

Data e horário: Quarta-feira, 4 de dezembro, 21h30
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Arbitragem: Braulio da Silva Machado, com Alex dos Santos e Éder Alexandre
Vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira, com Ramon Abatti Abel e Kleber Lúcio Gil (SC)
Cartões amarelos: Tchê Tchê, Vitor Bueno e Bruno Alves (São Paulo); Rodrigo Lindoso, Rafael Sobis, Víctor Cuesta e Uendel (Internacional)
Gols: São Paulo - Antony (15/1ºT) e Vitor Bueno (4/2ºT); Internacional - Guilherme Parede (24/2ºT)

SÂO PAULO
Tiago Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Toró); Vitor Bueno (Liziero), Antony e Pablo (Luan)
Técnico: Fernando Diniz

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Heitor (Rafael Sobis), Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Guilherme Parede, Nonato (NIco López) e Neilton (D'Alessandro); Paolo Guerrero
Técnico: Zé Ricardo