Especial 31/12/2019 17h09

Retrospectiva 2019: como foi o ano no esporte gaúcho

Times do Grêmio, Inter, Avenida e Santa Cruz tiveram diferentes desafios durante o ano

O Grêmio teve um ano de altos e baixos. A temporada começou com a conquista da Recopa Gaúcha em cima do Avenida. O time de Renato Portaluppi aplicou 6 a 0 e levantou o caneco na Arena. Depois foi bicampeão estadual após superar o arquirrival Internacional nos pênaltis. Na Copa do Brasil, o Grêmio caiu nas semifinais para o Athletico-PR nas penalidades. Já na Libertadores da América, a equipe avançou até as semifinais, quando sofreu uma goleada de 5 a 0 para o Flamengo. No Brasileirão, finalizou na quarta colocação, o que lhe garantiu a presença direta na fase de grupos da Libertadores 2020.

LEIA MAIS: Livro resgata gestão de Hélio Dourado à frente do Grêmio

Inter passa temporada em branco

Mais uma vez o ano terminou sem taça no armário. No Gauchão, o Colorado perdeu o título para o arquirrival Grêmio nos pênaltis. Na Copa Libertadores da América, a equipe acabou sendo eliminada pelo Flamengo nas quartas de final. Na Copa do Brasil, o time fez bonito, mas foi derrotado pelo Athletico-PR na final. No dia 10 de outubro, a direção demitiu o técnico Odair Hellmann e contratou Zé Ricardo. O Inter encerrou na sétima posição e obteve a vaga na fase preliminar da próxima Libertadores.

LEIA MAIS: Gre-Nal pode acontecer na fase de grupos da Libertadores

No dia 10 de outubro, a direção demitiu o técnico Odair Hellmann

Avenida oscila e volta para Série A2

Foi uma temporada histórica para o Periquito, mas que não terminou como o torcedor esperava. Na Recopa Gaúcha, goleada de 6 a 0 sofrida para o Grêmio na Arena. Depois, a disputa inédita da Copa do Brasil, em que o time alviverde acabou sendo eliminado pelo poderoso Corinthians, em São Paulo. No Gauchão, o clube amargou um novo rebaixamento para a Série A2, finalizando na penúltima colocação. Pela primeira vez na Série D do Brasileiro, fechou em primeiro lugar de seu grupo e caiu para o Caxias na segunda fase, nos pênaltis. Em meio à Copa Seu Verardi, China Balbino deixou o comando técnico e Gelson Conte assumiu o time, que fez uma péssima campanha e parou logo na primeira etapa.

LEIA MAIS: Título e momento histórico: quem é o Avenida?

Santa Cruz cai nas quartas da B

Com um elenco formado basicamente por atletas das categorias de base, o Santa Cruz encontrou dificuldades, mas se classificou para a segunda fase da Série B do Campeonato Gaúcho, a Terceirona. A temporada começou com Dárley Costa orientando o time. No entanto, a direção optou pela troca na casamata e Jair Galvão foi chamado para comandar o Galo. A equipe alvinegra perdeu nas quartas de final para o Guarany de Bagé, que mais tarde viria a ser campeão do certame em cima do Brasil-FAR.

Brasil leva a Copa América

Em 7 de julho, o Brasil venceu o Peru por 3 a 1 no Maracanã, no Rio de Janeiro, e conquistou a Copa América pela nona vez. Foi o primeiro título sob o comando do técnico Tite.

LEIA MAIS: Mesmo com conquista da América, seleção encerra 2019 sob desconfiança