Gauchão 26/01/2020 15h54 Atualizado às 18h25

Com os titulares, Grêmio vence o Brasil em Pelotas

Tricolor se recupera da derrota na estreia e soma os primeiros três pontos na competição

O Grêmio venceu o Brasil por 1 a 0 na tarde deste domingo, 26, no Bento Freitas, em Pelotas, pela segunda rodada do Gauchão. Assim, recuperou-se da derrota para o Caxias na estreia, na Arena, e somou os primeiros três pontos na competição estadual. Na quinta posição do grupo B, o Tricolor poderia ter conquistado um placar maior, porém Luciano errou um pênalti na etapa inicial e a equipe ainda acertou a trave três vezes. O adversário na próxima quinta-feira, 30, será o São José a partir das 21h30, em casa.

PRIMEIRO TEMPO

O Xavante chegou pela primeira vez aos 6 minutos. Ednei cruzou de direita. Eliel desviou, Nathan Cachorrão tocou de letra e Gabriel Poveda arriscou o chute. Vanderlei segurou firme no meio do gol. O Tricolor desperdiçou uma grande chance aos 13. Everton deixou Patrick na cara de Rafael Martins, mas o camisa 30 finalizou pela linha de fundo.

O Grêmio tomou conta do jogo e criou nova situação aos 20, com Victor Ferraz, que bateu cruzado e a bola explodiu na trave. Na sequência, pênalti para os visitantes. Alisson foi derrubado por Rafael Martins na pequena área. No lance, o goleiro acabou sendo atingido no rosto e precisou receber atendimento médico. Ele saiu de campo na ambulância e foi levado para o hospital. Após sete minutos de paralisação, Luciano cobrou a penalidade e acertou o poste esquerdo de Matheus Nogueira, que substituiu o arqueiro xavante.

O time de Renato Portaluppi continuou melhor e perdeu mais uma chance Aos 33, Patrick tocou de calcanhar para Alisson, que chutou de bico e errou o alvo. O Brasil não conseguia ameaçar a meta de Vanderlei. Aos 43, Gabriel Poveda dominou e chutou colocado, sem direção. A superioridade do Grêmio se traduziu em gol nos acréscimos. Aos 47, Alisson bateu escanteio da direita, Everton desviou e David Braz, com oportunismo, tocou de cabeça – 1 a 0.

SEGUNDO TEMPO

O Brasil voltou melhor do intervalo e teve mais produção ofensiva. Logo aos 2 minutos, Poveda saiu da esquerda, driblou três marcadores e a bola ficou para Heverton, que chutou desajeitado. A bola quicou e quase enganou Vanderlei, que espalmou para a linha de fundo. O Grêmio teve oportunidade parta ampliar aos 9. Lucas Silva cruzou da direita e a bola ia na direção, obrigando Matheus Nogueira a dar um tapa e salvar o Xavante.

Por pouco, os donos da casa não empataram aos 22. Ednei lançou na área, Wesley Pacheco fez o pivô em cima de Kannemann. Na sobra, Nathan ganhou de David Braz e acertou a trave direita de Vanderlei. Pouco depois, Alisson encontrou Luciano pelo lado direito da área. O centroavante bateu cruzado e bola passou muito perto do pé de Isaque e da trave direita de Matheus Nogueira.

O jogo era lá e cá. Aos 27, Simião cobrou escanteio e Heverton, cabeceou para fora. Aos 38, Kannemann testou na trave e, na sequência, a bola ficou nos braços do goleiro do Brasil. No apagar das luzes, aos 47, Victor Ferraz chegou a balançar a rede, mas estava impedido.

GAUCHÃO
2ª RODADA
BRASIL 0 a 1 GRÊMIO

Data e horário: Domingo, 26 de janeiro, 16h
Local: Estádio Bento Freitas, em Pelotas
Arbitragem: Roger Goulart, com Lucio Beiersdorf Flor e Fabrício Lima Baseggio
Cartões amarelos: Eliel e João Henrique (Brasil); Bruno Cortez (Grêmio)
Gol: Grêmio - David Braz (47/1ºT)

BRASIL
Rafael Martins (Matheus Nogueira); Ednei. Lázaro, Heverton e Bruno Santos; Leandro Leite, Nathan, Wellington Simião e João Henrique; Gabriel Poveda (Juninho Rocha) e Eliel (Wesley Pacheco)
Técnico: Gustavo Papa

GRÊMIO
Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Kannemann e Bruno Cortez; Lucas Silva, Maicon, Alisson, Patrick (Isaque) e Everton (Darlan); Luciano (Ferreira)
Técnico: Renato Portaluppi