Fórmula 1 19/07/2020 16h26 Atualizado às 20h17

Hamilton vence o GP da Hungria e vira líder

Foi o segundo triunfo do piloto inglês em três corridas na temporada da categoria

Com mais uma performance dominante do começo ao fim, Lewis Hamilton não deu brechas para os adversários e venceu com autoridade o GP da Hungria, disputado neste domingo, 19, no circuito de Hungaroring, em Budapeste. Foi o segundo triunfo do inglês em três corridas na temporada da Fórmula 1, o que o levou à liderança do Mundial de Pilotos. Ele cruzou a linha de chegada em 1h36min12s473.

O desempenho de Max Verstappen também chamou a atenção. O holandês foi do drama à euforia. Ele cometeu um erro primário antes da prova na volta de alinhamento ao grid ao bater na barreira de pneus, danificando a asa dianteira, mas a Red Bull trabalhou duro para conseguir alinhar o carro e o piloto fez uma ótima corrida, terminando a prova em segundo, seu melhor resultado no ano.

LEIA MAIS: Hamilton bate recorde na Hungria e é o 1º piloto com 90 poles na F1

A segunda posição de Verstappen foi sustentada depois de muito esforço, uma vez que Valtteri Bottas, que se recuperou de uma largada ruim, atacou o holandês na última volta. No entanto, o finlandês da Mercedes não conseguiu ultrapassar o rival e ficou em terceiro, completando o pódio. “Foi uma das minhas melhores corridas. Eu estava sozinho, mas tínhamos ótimo ritmo e estratégia perfeita. As duas últimas corridas foram incríveis para mim e precisamos continuar assim”, comemorou Hamilton, que ultrapassou o companheiro Valtteri Bottas e assumiu a liderança do campeonato, com 62 pontos. O finlandês é o segundo, com 58.

Depois de três corridas em finais de semanas consecutivos, a Fórmula 1 dá uma pausa e os pilotos voltam a acelerar no dia 2 de agosto, no GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone, a quarta etapa da temporada.

LEIA MAIS: Fórmula 1 volta neste domingo