BRASILEIRÃO 13/09/2020 18h05 Atualizado às 13h47

Com um a mais, Inter dá vexame e perde para o lanterna: Goiás 1 a 0

Inter perdeu chance de abrir cinco pontos para o vice-líder do campeonato

Defendendo a liderança do Brasileirão, o Internacional foi até o Estádio da Serrinha enfrentar o Goiás, neste domingo, 13, pela décima rodada do campeonato.

Mais uma vez, a equipe do técnico Eduardo Coudet fez um primeiro tempo muito ruim, à exemplo das últimas rodadas do Brasileirão.

A equipe do Inter sofreu o gol no final do primeiro tempo, mesmo jogando com um homem a mais desde os três minutos de jogo. A derrota frustrou os colorados, já que o time poderia abrir 5 pontos na liderança do campeonato, em virtude dos resultados paralelos. Já o Goiás conseguiu deixar a lanterna do Brasileirão com a vitória sobre o Inter.

PRIMEIRO TEMPO

A partida começou conturbada, com a expulsão do lateral esquerdo do Goiás logo a três minutos de jogo. Jeffersom tomou vermelho após entrada violenta em Marcos Guilherme. O time da casa praticamente iniciava a partida com um à menos em campo, e o técnico Coudet teve que fazer a primeira troca, já que o atacante do Internacional lesionou o tornozelo na jogada. Boschilia foi à campo.

O Inter pressionava no início, mas não levava perigo ao gol Esmeraldino. Com deficiências nas laterais, onde Rodinei e Moisés mais uma vez foram os pontos fracos do time não conseguiam vencer seus marcadores, a equipe também não funcionava no meio de campo, que jogava com lentidão.

O Goiás apostava nas jogadas de contra-ataques. Com o centroavante Rafael Moura na frente, o time da casa também não conseguia chegar ao gol de Marcelo Lomba com perigo.

Aos 25 minutos, D’Alessandro cobrou falta para o gol, que passou próximo do ângulo direito de Tadeu. Aos 34, Abel Hernández teve grande chance na pequena área. O atacante recebeu cruzamento pelo alto e disputou com a zaga, a bola caiu e o uruguaio tentou chutar, mas errou na definição e o chute saiu sem força nenhuma, para a sorte de Tadeu, que defendeu sem esforço a melhor chance do Inter no primeiro tempo.

A incompetência ofensiva da equipe gaúcha dava espaços para o Goiás. Aos 26, Breno escapou da zaga e apareceu cara-a-cara com Marcelo Lomba. Musto conseguiu evitar o chute do atacante com um carrinho, e a definição saiu sem força. O Goiás pediu pênalti, mas arbitragem mandou seguir.

A primeira chegada do time da casa não serviu de alerta para o Inter. Sem eficiência no ataque, valeu a máxima do futebol para os colorados: quem não faz, leva!

Aos 44 minutos, na segunda chegada com perigo, o Goiás abriu o placar. Daniel Bessa cobrou falta para a área, e após rebatida fraca da defesa, Vinícius Lopes chutou de dentro da área e Lomba aceitou. O líder do campeonato estava perdendo para o lanterna.

SEGUNDO TEMPO

No retorno do intervalo, o técnico Eduardo Coudet mandou o goleador Thiago Galhardo à campo no lugar de Praxedes.

O Inter seguia atacando sem qualidade, apostando em cruzamentos pra área que não rendiam boas chances.

Aos 17 minutos, D’Alessandro cruzou da esquerda e Musto tocou de cabeça pro gol. Tadeu fez boa defesa. Aos 22 minutos, saíram D’Alessandro e Pedro Henrique, para a entrada do atacante Leandro Fernandez, que fez sua estreia com a camisa do Inter, e do volante Rodrigo Lindoso.

Aos 24, Abel Hernández foi quem perdeu a chance de empatar. Após cruzamento na área, a zaga do Goiás errou a bola, mas o atacante do Inter não esperava a bola e desviou ara fora.

Aos 28, Abel Hernández roubou a bola da zaga do Goiás e saía livre para marcar. Thiago Galhardo, em impedimento, tocou para o meio da área e Abel tocou pro fundo do gol, mas a arbitragem assinalou impedimento e anulou o gol.

Só dava Inter na partida. O Goiás praticamente não teve chances na segunda etapa. Aos 43, Coudet abriu mão do lateral Rodinei, inoperante, e colocou Rodrigo Moledo em campo.

Ao final da partida, o Internacional não perdeu a liderança do campeonato graças a derrota do Flamengo para o Ceará, mas não evitou o vexame. O Goiás alcançou sua segunda vitória na competição, chegou a oito pontos e deixou a lanterna do Brasileirão.

Já a equipe colorada perdeu a chance de abrir cinco pontos em relação ao vice-líder, que agora é o Atlético Mineiro, com 18 pontos. O Internacional segue com 20 pontos, agora com um jogo a mais em relação ao segundo colocado.

O time gaúcho volta a jogar pelo Brasileirão no sábado, 19, contra o Fortaleza, no Castelão. Antes o Inter volta a jogar pela Libertadores, dia 16 de setembro em Porto Alegre, contra o America de Cali.



CAMPEONATO RASILEIRO
10ª RODADA
GOIÁS 1X0 INTERNACIONAL


Data e horário: Domingo, 13 de setembro, 18h
Local: Estádio da Serrinha, Goiânia
Arbitragem: Flávio de Souza (SP), com Danilo Manis
VAR: José Rocha Filho
Cartões amarelos: Fabio Sanches, Breno (Goiás); Pedro Henrique, Cuesta, Praxedes (Inter)
Cartões Vermelhos: Jefferson (Goiás)
Gols: Vinícius Lopes, aos 43min/1ºT

GOIÁS
Tadeu; Edilson, David Duarte, Fabio Sanches, Jefferson; Sandro, Breno (Ratinho), Daniel Bessa (Gilberto), Vinicius Lopes; Keko (Caju) e Rafael Moura.
Técnico: Thiago Larghi

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Rodinei (Moledo), Pedro Henrique (Leandro Fernández), Victor Cuesta, Moisés; Musto, Edenílson, Praxedes (Thiago Galhardo), Marcos Guilherme (Boschilia) e D’Alessandro (Lindoso). Abel Hernández
Técnico: Eduardo Coudet