AUTOMOBILISMO 13/10/2020 22h19

Após nove provas, gaúcho lidera a temporada da Stock Car

Em campeonato equilibrado, Cesar Ramos é maior pontuador, mesmo sem ter vencido nenhuma corrida

Com oito vencedores diferentes nas nove provas que compuseram os seis encontros realizados até agora, a Stock Car vai ao interior de São Paulo no próximo final de semana para a realização da rodada dupla válida pela sétima etapa de 2020.

Em um clima de competitividade acirrada, no qual Rubens Barrichello chegou líder no encontro anterior, em Cascavel, e saiu da pista apenas na quinta colocação, a categoria vai desenhando uma de suas temporadas mais disputadas com a chegada da Toyota para desafiar a campeoníssima Chevrolet.


A Stock Car disputará as duas provas da sétima etapa no Autódromo Velocittá, a partir das 11 horas, com transmissão ao vivo pelo canal Sportv2. Atualmente, a liderança da competição está nas mãos do gaúcho Cesar Ramos, que apesar do forte desempenho ainda não está na lista de pilotos que já venceram corrida na temporada – em uma situação que resume o espírito de um campeonato no qual cada ponto pode ser decisivo.

LEIA TAMBÉM: F-1: Hamilton chega a 91 vitórias e iguala recorde de Schumacher

Mas ninguém coloca em dúvida a capacidade de Ramos se tornar o primeiro gaúcho campeão nos 41 anos de existência da Stock Car. Com um desempenho consistente e sempre entre os mais velozes, o pressentimento na categoria é que uma vitória é questão de tempo e que o título pode estar bem próximo.

Já venceram corridas até o momento o paranaense Ricardo Zonta, com dois primeiros lugares, enquanto Barrichello, Nelsinho Piquet, Rafael Suzuki, Ricardo Maurício, Thiago Camilo, Bruno Baptista e Daniel Serra faturaram uma vitória cada um.


Salto na classificação

Chamou a atenção em Cascavel a ascensão meteórica do atual tricampeão Daniel Serra, que com seu Chevrolet Cruze foi o maior pontuador daquele final de semana, cravando 61 dos 84 pontos possíveis. Somente naquele encontro, Serra pulou do 12º lugar para o sexto posto, a apenas sete pontos do até então líder Barrichello.

Nas duas provas do Velocitta estarão em jogo 54 pontos, exatamente o dobro da diferença entre o líder Cesar Ramos e sexto colocado Daniel Serra – que estão separados por apenas 27 pontos. Mais do que apenas um cálculo matemático, a comparação é um alerta para os candidatos ao título de que qualquer vacilo pode custar caro.

Piloto que mais tempo permaneceu na liderança até aqui entre os três que já pontearam a tabela, Rubinho sentiu isso na pele em Cascavel, onde obteve 21 pontos mas mesmo assim foi ultrapassado na classificação por Ramos (que somou 49 pontos), Zonta (32), Camilo (52) e Maurício (31). Mais uma vez a Stock Car promete uma temporada imprevisível até o final.


Confira a pontuação atualizada:

1º – Cesar Ramos – 146 pontos
2º – Ricardo Zonta – 132
3º – Thiago Camilo – 130
4º – Ricardo Maurício – 130
5º – Rubens Barrichello – 126
6º – Daniel Serra – 119
7º – Átila Abreu – 116
8º – Rafael Suzuki – 104
9º – Allam Khodair – 103
10º – Nelsinho Piquet – 99
11º – Gabriel Casagrande – 93
12º – Bruno Baptista – 91
13º – Denis Navarro – 80
14º – Julio Campos – 70
15º – Cacá Bueno – 69
16º – Diego Nunes – 67
17º – Galid Osman – 57
18º – Guilherme Salas – 57
19º – Lucas Foresti – 52
20º – Gaetano di Mauro – 52
21º – Matías Rossi – 45
22º – Pedro Cardoso – 35
23º – Marcos Gomes – 27
24º – Tuca Antoniazzi – 24
25º – Vitor Genz – 11
26º – Vitor Baptista – 8

VENCEDORES EM 2020:
Goiânia: Ricardo Zonta e Rubens Barrichello
São Paulo: Nelsinho Piquet e Ricardo Zonta
Londrina: Rafael Suzuki e Ricardo Maurício
Cascavel: Thiago Camilo, Bruno Baptista e Daniel Serra

LEIA MAIS DE ESPORTES