FUTEBOL 18/10/2020 13h24 Atualizado às 13h34

Inter chega motivado para voltar à liderança

Caso vença o Vasco no domingo e o AtléticoMG seja derrotado pelo Bahia, fora, na segunda, Colorado volta à ponta da competição nacional

O Internacional ocupa o segundo lugar do Brasileirão, com os mesmos 31 pontos do líder Atlético-MG e do Flamengo, terceiro colocado. O Galo lidera a competição pelo número de vitórias (dez contra nove do colorado e do RubroNegro carioca). Porém, o time gaúcho pode retornar à ponta da competição caso vença o Vasco neste domingo, 18, às 18h15, no Beira-Rio, e o Atlético-MG seja derrotado pelo Bahia, na segunda-feira, 19, às 20 horas, em Salvador, no fechamento da 17ª rodada.

Em entrevista coletiva virtual nessa sexta-feira, 16, o volante Patrick foi questionado se a equipe seria um “patinho feio”, por estar entre os primeiros colocados na tabela. Negou o rótulo e lembrou dos bons trabalhos dos técnicos, incluindo o de Eduardo Coudet, e de seus antecessores. “ Patinho feio para vocês (da imprensa). Porque a gente está desde 2018 na parte de cima da tabela durante o campeonato todo. Objetivo é sempre brigar por títulos, e estamos na parte de cima. Não temos pensamento de patinho feio e acreditamos no nosso trabalho. É por isso que a gente está sempre na parte de cima. É humildade e trabalho”, sentenciou o jogador.

LEIA MAIS: Empate no duelo de Tricolores no Morumbi

O meia D’Alessandro, que estava suspenso, fica novamente à disposição. Para enfrentar a equipe cruzmaltina, Coudet deve escalar o artilheiro Thiago Galhardo desde o início do jogo. Na vitória de 5 a 3 sobre o Sport, na última quarta-feira, no Recife, ele foi preservado e entrou no segundo tempo.

Na defesa, duas dúvidas. Apesar de ter começado na Ilha do Retiro, Rodrigo Moledo disputa a titularidade com Zé Gabriel para atuar ao lado de Víctor Cuesta. Na lateral esquerda, a briga fica entre Uendel e Moisés, que ainda terá de cumprir mais um jogo de suspensão na Libertadores. Na próxima quinta-feira, às 21h30, o Inter enfrentará a Universidad Católica, no Chile, no encerramento da fase de grupos do torneio continental.

LEIA MAIS: Em jogo de oito gols, Inter goleia o Sport no Recife

Vasco vive momento de instabilidade

Da liderança nas primeiras rodadas do Brasileiro à eliminação para o Botafogo na Copa do Brasil, o Vasco vive um momento de turbulência. Demitiu o técnico Ramon Menezes e contratou o português Ricardo Sá Pinto, que ainda não comanda o time à beira do gramado contra o Internacioinal – a tarefa ficará com o interno Alexandre Grasselli.

O time cruzmaltino ocupa o 12º lugar na tabela de classificação e teve a semana toda para treinamentos, em razão do adiamento da partida contra o Fortaleza. Suspenso por dois jogos, o volante Bruno Gomes é desfalque certo.

LEIA MAIS NOTÍCIAS DE ESPORTES