Copa Ibsen Pinheiro 18/11/2020 14h50 Atualizado às 19h01

Santa Cruz segura o Bagé e traz um ponto da Campanha

Galo chegou aos quatro pontos e permaneceu na liderança do grupo B

O Santa Cruz conquistou um importante ponto no empate em 1 a 1 contra o Grêmio Bagé na tarde desta quarta-feira, 18, no Estádio da Pedra Moura, pela segunda rodada da Copa Ibsen Pinheiro. Com o resultado, o Galo alcançou os quatro pontos e permaneceu na liderança do grupo B.

Já o time da Campanha continua sem vencer no torneio – havia perdido na estreia para o São José por 1 a 0, em Porto Alegre. O próximo compromisso do Galo está marcado para domingo, 22, diante do Novo Horizonte, de Esteio, a partir das 15 horas, nos Plátanos.

PRIMEIRO TEMPO

Com menos de 1 minuto, os donos da casa ameaçaram a meta carijó. Após cruzamento da esquerda, Andrei cabeceou fraco, nas mãos de Fabiano Heves. O Galo respondeu na sequência, mas o arremate de Allan Cristian ficou tranquilo para o goleiro Matheus.

O Bagé frequentava mais o campo de ataque, porém os visitantes se fechavam na defesa e apostavam nos contragolpes. Aos 14, Laion tentou por cobertura e a bola saiu à esquerda do gol do Jalde-Negro.

No momento em que o confronto passou a ficar truncado, com faltas dos dois lados, o Bagé largou na frente aos 23 minutos. Depois do lançamento na área, a zaga alvinegra falhou na marcação. Livre, Índio, ex-Avenida, apareceu e só completou, de peito, para o fundo das redes – 1 a 0.

Com a vantagem parcial, os anfitriões tinham uma maior presença ofensiva e, ao contrário dos primeiros minutos, o Galo encontrava dificuldades sair de trás. Quando conseguiu, perdeu uma grande chance aos 33. Allan Cristian tocou para Nena, que avançou e finalizou em cima de Matheus, desperdiçando a oportunidade do empate na Pedra Moura.

No entanto, a igualdade veio aos 47 minutos, quando Nena foi derrubado por Matheus na pequena área. Pênalti para o Santa Cruz. Jean Roberto cobrou no canto esquerdo do goleiro e deixou tudo igual – 1 a 1.


SEGUNDO TEMPO

O Bagé voltou melhor do intervalo, enquanto o Santa Cruz não ameaçou o gol de Matheus nos minutos iniciais. O Galo só assustou aos 10. Felipe foi à linha de fundo e cruzou, mas Yuri cortou antes que a bola chegasse para Nena. Logo em seguida, outra boa chance para o time carijó, que, por pouco, não virou o placar. Pela direita, Laion invadiu a área em velocidade chutou para grande defesa de Matheus.

O técnico Wiliam Campos começou a mexer no time para dar um novo gás. Primeiro, colocou Marlon na vaga de Allan Cristian e, pouco depois, trocou Felipe, que já tinha cartão amarelo, por Ivan. O duelo ficou morno e com poucas situações ofensivas. Aos 32, Índio arriscou de longe, sem direção.

Os donos da casa trocavam passes em busca de espaços na defesa adversária, que adotava a mesma estratégia. Aos 38, Jamerson cortou errado, Nena ficou com a sobra, mas bateu fraco. Nos acréscimos, aos 49, o Abelhão assustou em cobrança de falta de Yuri, outro ex-Avenida, mas Fabiano Heves salvou o Galo, que valorizou o empate.

COPA IBSEN PINHEIRO
2ª RODADA
GRÊMIO BAGÉ 1 a 1 SANTA CRUZ


Data e horário: Quarta-feira, 18 de novembro, 15 horas
Local: Estádio da Pedra Moura, em Bagé
Arbitragem: Dakimalo Garra Gomes, com Luiz Paulo Duarte Rodrigues e Douglas Israel Paulo Vidarte
Cartões amarelos: Raphael, Andrei e Yuri (Grêmio Bagé); Deivid, Laion, Felipe e Jean Roberto (Santa Cruz)
Gols: Grêmio Bagé – Índio (23/1ºT); Santa Cruz – Jean Roberto (47/1ºT)

GRÊMIO BAGÉ
Matheus; Jackson (Júlio), Jamerson, Yuri e Geovane (Samuel); Felipe (Zulu), Wallan, Índio e Raphael (Igor); Marcelo e Andrei (Bruno)
Técnico: Claiton dos Santos

SANTA CRUZ
Fabiano Heves; Deivid, Léo Carioca, Luís Henrique e Felipe (Ivan); Benhur, Jean Roberto, Jeferson Luiz (Jajá) e Allan Cristian (Marlon); Laion e Nena
Técnico: Wiliam Campos