BRASILEIRÃO 09/01/2021 17h50 Atualizado às 21h50

Desfalcado, Grêmio enfrenta o Fortaleza neste sábado

Tricolor gaúcho pode assumir, provisoriamente, a vice-liderança, caso vença no Ceará

Há três meses, o Grêmio flertava com a zona de rebaixamento e não emplacava no Brasileirão. Renato Portaluppi, incomodado com as cobranças, profetizou que sua equipe ia “decolar” no torneio. Neste sábado, 9, às 21 horas, pela 29ª rodada, o Tricolor visita o Fortaleza com a chance de assumir a vice-liderança, ainda que de forma provisória, pois depende dos resultados dos rivais.

São 13 partidas sem derrotas do Grêmio no Brasileirão. O time cumpriu as palavras de Renato Gaúcho e realmente decolou. Com 48 pontos, está em quinto, colado em Flamengo e Atlético-MG, ambos com 49, e no rival Internacional, com 50. Como joga antes de todos na rodada, ganhar significa ascender para a segunda posição.


A missão no Castelão, entretanto, não será nada fácil. O Grêmio terá de se superar sem seis titulares. São quatro poupados por causa do desgaste físico e outros dois machucados. Renato deixou o goleiro Vanderlei, o zagueiro Kannemann, o meia Jean Pyerre e o centroavante Diego Souza em Porto Alegre por causa do desgaste físico. Maicon e Pedro Geromel recuperam-se de lesões. Paulo Victor, David Braz, Pinares e Churín devem ser os substitutos. Na lateral direita, Victor Ferraz se recuperou das dores musculares e retorna ao time titular.

Fora da Libertadores e com a final da Copa do Brasil marcada apenas para fevereiro, Renato Portaluppi garante que o Grêmio está “focado” no Brasileirão e tentará ir além da busca por uma vaga no G-4. A série invicta deixou os gaúchos esperançosos em brigar pela taça.

São oito pontos do líder, com um jogo a menos e o confronto direto. “Temos um jogo difícil contra o Fortaleza, mas estamos preparados. Precisamos somar o máximo de pontos. Não podemos pensar em quem será o adversário, e sim em vencer para alçar voo no campeonato”, comentou o lateral-esquerdo Diogo Barbosa, em entrevista coletiva virtual nessa sexta-feira.

Apesar das dificuldades, ele entende que é possível continuar firme na briga pelo título brasileiro. Isso porque o Grêmio ainda enfrentará times que também estão na luta, como São Paulo, Internacional, Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras. “O campeonato está muito competitivo. Tem resultados acontecendo que ninguém esperava. Temos um objetivo na competição, ele passa pela vitória amanhã, e vencer os confrontos diretos. Estamos nos preparando para isso, para ter um norte na competição”, destacou Diogo Barbosa.

Fortaleza tem estreia de Enderson Moreira

O Fortaleza aposta na estreia do técnico Enderson Moreira para encerrar o jejum de vitórias no Brasileirão. A sequência de seis jogos sem vencer resultou na saída de Marcelo Chamusca, que foi demitido após a derrota para o Sport por 1 a 0, no Recife. Enderson, que já trabalhou no Tricolor gaúcho, em 2014, assume o time cearense com a missão de permanecer na elite. O Fortaleza é o 15º colocado, com 31 pontos, apenas três a mais que o Bahia, primeiro integrante da zona do rebaixamento.

“A gente não pode desistir, jogar a toalha. Sabemos da nossa qualidade e do potencial do grupo, vamos em busca do resultado o mais rápido o possível”, garantiu o artilheiro Wellington Paulista após o revés no Recife. Enderson comandou seu primeiro treinamento nessa sexta-feira e, sem tempo para trabalhar, deve manter a base do jogo contra o Sport. O treinador teve o nome publicado no BID da CBF e por isso estará na beira do gramado no Castelão.

Mesmo se quisesse, Enderson não poderia realizar grandes mudanças. Isso porque há vários desfalques por causa da Covid-19: Tinga, Jackson, Juan Quintero, Juninho, Luiz Henrique, Mariano Vázquez, David e Bergson.


BRASILEIRÃO

Onde: Arena Castelão, Fortaleza (CE)

Quando: Sábado, 9 de janeiro de 2021, 21 horas

FORTALEZA
Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Wanderson e Carlinhos; Ronald, Felipe e João Paulo; Romarinho, Osvaldo e Welington Paulista
Técnico: Enderson Moreira

GRÊMIO
Paulo Victor; Victor Ferraz, Rodrigues, David Braz e Diogo Barbosa; Lucas Silva, Matheus Henrique, Alisson, Pinares e Pepê; Churín
Técnico: Renato Portaluppi

LEIA TAMBÉM: No retorno do Brasileirão, Grêmio vence o Bahia