BRASILEIRÃO 21/02/2021 15h46 Atualizado às 07h24

Inter perde no Maracanã e Flamengo coloca uma mão na taça

Com Rodinei expulso em lance polêmico no segundo tempo, Inter foi superado por 2 a 1

O Flamengo está com uma mão na taça do Campeonato Brasileiro. Após um jogo muito disputado no Maracanã, o time carioca derrotou o Internacional na penúltima rodada da competição e assumiu a liderança do campeonato.

O Inter saiu vencendo com um gol de pênalti de Edenílson. Ainda no primeiro De Arrascaeta empatou o jogo. Na segunda etapa, o árbitro Raphael Claus expulsou o lateral colorado Rodinei, em uma decisão polêmica. Com um a mais, o Flamengo virou o jogo com um gol de Gabigol, e está muito perto de levantar a taça do Brasileirão 2020/2021.

O campeão sai na última rodada, na próxima quinta-feira, 25, com todos os jogos começando a partir das 21h30.

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou lento no Maracanã. As equipes ainda se estudavam em campo quando aos oito minutos, Moisés cruzou uma bola na área e Yuri Alberto disputou o lance com o zagueiro Gustavo Henrique. O atacante colorado caiu na équena área e o juiz marcou falta do defensor rubro negro. Pênalti para o Inter, cobrado por Edenílson. O volante colorado bateu no canto esquerdo de Hugo para abrir o placar no Maracanã aos dez minutos de jogo.

O Flamengo tinha mais posse de bola e começou a pressionar pelo empate. O Inter recuou e se fechou em frente a sua área.

O time gaúcho tentava achar saídas para ampliar. Aos 21 o colorado teve chance com Yuri Alberto, que cabeceou por cima após cruzamento de Edenílson.

O time da casa precisava do resultado. Em caso de derrota, o campeonato terminava. Mas o time do Flamengo insistia no ataque, e o resultado veio aos 28 minutos, com o gol de De Arrascaeta. Bruno Henrique venceu Rodinei em jogada de ataque pela esquerda e cruzou na área, pra trás. Arrascaeta só escorou a bola no canto esquerdo de Marcelo Lomba para deixar o placar igual no Maracanã.

Aos 42 o Inter ainda colocou uma bola na trave do Flamengo. Rodinei invadiu a área pela direita e chutou forte, a bola desviou na marcação e foi parar no poste esquerdo do goleiro do Flamengo.

O jogo foi para o intervalo com o Flamengo tendo 57% da posse de bola, mas com mais finalizações do Inter: sete do time gaúcho contra cinco dos cariocas.

SEGUNDO TEMPO

Na volta do segundo tempo, o Internacional ficou com um jogador à menos logo aos três minutos. Em um lance no meio de campo, Rodinei disputou a bola com Filipe Luís. Atrasado no lance, o lateral acertou o tornozelo do jogador do Flamengo. O árbitro Raphael Claus foi chamado para olhar o lance no VAR. Após a revisão, o juiz mostrou cartão vermelho para Rodinei em um lance de cartão amarelo, para desespero do time colorado, que iria passar pelo menos 40 minutos com um à menos em campo.

Para recompor a defesa, Abel mandou Heitor à campo na lateral-direita, sacando o meia Praxedes. Já o Flamengo aumentou seu ímpeto ofensivo, mandando o atacante Pedro para o jogo no lugar de Isla.

O zagueiro do Flamengo, Rodrigo Caio, sentiu uma lesão aos 13 minutos, e teve que ser substituído por Natan. O técnico Rogério Ceni soltou o time para o ataque. Diego, com cartão amarelo, saiu para a entrada de Gomes.

O time da casa seguia mantendo ampla posse de bola. Com um jogador à mais em campo, não demorou muito para o time da casa conseguir o gol de desempate. Aos 17 minutos, o Flamengo roubou a bola na defesa e Arrascaeta lançou rasteiro na área com precisão. Gabigol ganhou da marcação e concluiu com um chute rasteiro, vencendo também Marcelo Lomba e colocando o Flamengo na frente: 2 a 1.

Com um à menos, o Inter pouco conseguia criar. Aos 36, Abel mandou à campo Jhonny, Peglow e Maurício. Saíram Dourado, Patrick e Yuri Alberto.

O colorado tentava o gol de empate, que recolocaria o time na liderança, mas o Flamengo ganhava espaço para jogar no ataque.

Na pressão para tentar o empate, o Inter acabou errando no campo de defesa. Lucas Ribeiro perdeu a disputa de bola para o atacante Pedro, que saiu na cara de Marcelo Lomba para marcar. Mas o árbitro conferiu o lance no VAR e anulou o gol flamenguista, aos 47 minutos.

O jogo foi até os 53 minutos, com o Inter ainda tentando uma pressão no final, que abriu espaços para o Flamengo, que teve chances de ampliar.

Com o placar final de 2 a 1, o Flamengo assumiu a liderança do campeonato com 71 pontos, contra 68 do Inter.

Na última rodada, o Flamengo joga fora de casa contra o São Paulo, e o Inter joga no Beira-Rio com o Corinthians. Para ser campeão, o Inter precisa vencer o Corinthians e torcer para que o Flamengo não vença o São Paulo.

Já o Flamengo chega na última rodada precisando apenas de si próprio. Uma vitória no último jogo, ou um empate, aliado a um empate ou derrota do Inter, dá a taça para o time carioca.


FICHA TÉCNICA
CAMPEONATO BRASILEIRO
37ª RODADA
FLAMENGO 2X1 INTERNACIONAL


Data e horário: Domingo, 21/02, 16h00
Local: Estádio Maracanã, Rio de Janeiro-RJ
Arbitragem: Raphael Claus (SP), com Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Neuza Inês Back (SP)
VAR:  Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)
Cartão amarelo: Diego, Gomes, Natan (Flamengo)
Cartão vermelho: Rodinei (Inter)
Gols: FLAMENGO – De Arrascaeta, aos 28 min/1ºT, Gabriel Barbosa, aos 17 min/2ºT; INTER – Edenílson, aos 11 min/1ºT

FLAMENGO
Hugo; Isla (Pedro), Rodrigo Caio (Natan), Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego (Gomes), Gerson, Arrascaeta, Everton Ribeiro; Bruno Henrique e Gabriel Barbosa (João Lucas)
Técnico: Rogério Ceni

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Zé Gabriel e Moisés; Rodrigo Dourado (Jhonny); Edenílson, Patrick (Maurício) e Bruno Praxedes (Heitor); Caio Vidal (Thiago Galhardo) e Yuri Alberto (Peglow)
Técnico: Abel Braga


MAIS LIDAS