Esportes 21/02/2021 20h23

Estação Verão 2021 começa com ciclismo speed no autódromo

No próximo dia 28, domingo, primeira etapa será realizada no autódromo, em uma experiência única para os ciclistas

O Estação Verão 2021 começa no próximo dia 28, domingo, com uma prova de ciclismo speed no Autódromo Internacional de Santa Cruz do Sul. Será a única etapa com custo de inscrição. A taxa de R$ 40,00 vai subsidiar a arbitragem, staff, montagem de oficina e mão de obra especializada. O aquecimento, retirada dos números, concentração e assinatura de súmulas começam às 7 horas, na torre de comando. A largada será às 8 horas. O prazo para inscrições se encerra na próxima quarta-feira, 24, no site do evento. Os inscritos também deverão levar um quilo de alimento e um quilo de leite longa vida para serem doados à Associação de Auxílio aos Necessitados (Asan).

A etapa tem realização da Gazeta Grupo de Comunicações e Santa Ciclismo. Os apoiadores são Lisaruth, Faccin Bicicletas.com, Germani Alimentos e Unisc, com patrocínio do Hospital Ana Nery.

LEIA MAIS: Calendário do Estação Verão 2021 está definido

Para a prova, os ciclistas terão que utilizar capacete, calçado fechado e camisa manga curta ou longa. Óculos e luvas são opcionais. Caso algum atleta se sinta prejudicado na competição, poderá encaminhar protesto por escrito, mediante o pagamento da taxa de R$ 50,00. Se o protesto for aceito, o valor será devolvido.

A prova será paralisada por motivos de segurança, como atendimentos em casos de acidentes ou eventuais problemas na pista. Dúvidas e casos omissos serão avaliados e decididos pela organização.

A estrutura conta com atendimento de emergência com ambulância, das 8 horas às 11 horas. Após ser encaminhado para uma unidade de saúde, o participante terá a continuidade do atendimento via SUS ou por meio de convênio particular. Após a realização da prova, o uso da pista não será permitido. As premiações serão troféus para os primeiros colocados de cada categoria e medalhas para os segundos e terceiros colocados.

De acordo com Giovane Faccin, um dos organizadores da prova, disputar uma competição no autódromo é uma experiência única para o ciclista. “Como as velocidades são maiores e temos 14 curvas no circuito, o uso dos equipamentos de segurança é obrigatório. Queremos prezar pelo bem-estar de todos”, destaca.

Protocolos de segurança sanitária

  • Para entrar na arena de prova é preciso passar por um controle com medição de temperatura ainda dentro do carro (realizado no portão de acesso).
  • Após acessarem a área de prova, os atletas usarão máscara durante todo o tempo, além de terem álcool gel em locais demarcados, tanto para usar guarda-volumes quanto para o ponto de largada.
  • A hidratação será disposta em copos-d’água higienizados em cima das mesas ao invés de estarem dentro das bacias com gelo. Cada atleta pegará a sua hidratação, sem contato com staffs.
  • Ao final de cada percurso, os corredores receberão as medalhas, também higienizadas, dentro de um saco plástico.
  • A entrega de troféus e medalhas de premiação será realizada no pódio, com os atletas distribuídos com no mínimo 1,5 metro de distância um do outro.
  • Fica proibida a presença de público, inclusive torcida, nas arenas dos eventos esportivos (autódromo e AABB). Será autorizada somente a presença do atleta participante.

De olho nas medidas

A organização do evento está de olho nas determinações que serão anunciadas esta semana para coibir o avanço da Covid-19, tendo em vista que a região foi inserida em bandeira preta. Conforme Alexandre Cruxen, gestor de Eventos Esportivos da Gazeta Grupo de Comunicações, dependendo das medidas do governo a abertura do evento pode ser transferida para 7 de março. As informações serão atualizadas durante a semana.

LEIA TAMBÉM: Reunião define os eventos da Gazeta ao longo de 2021