Cortes 07/04/2021 18h16

Inter prepara lista com 60 demissões para amenizar crise financeira

Clube encontra dificuldades para quitar contas básicas e precisa reduzir gastos com folha

Como parte de um plano de restruturação interna para reduzir gastos e cumprir a meta de encerrar 2021 ao menos no “zero”, o Internacional demitiu 60 funcionários nesta quarta-feira, 7. O clube emitiu uma nota oficial sobre as medidas. As saídas são reflexo da situação financeira gravíssima vivida pelo Inter.

“Dentre as medidas estão: redução de contratos com parceiros, fornecedores e suprimentos; redução de investimentos e redução da folha de pagamentos e do quadro funcional, ajustando o clube para a nova realidade”, diz a nota.

Ex-jogadores que faziam parte da instituição, como Iarley e Fabiano, são alguns dos desligados. A ordem foi definida em reunião recente da diretoria e repassada pelo CEO, Giovane Zanardo. As demissões são definidas pelo vice-presidente de cada pasta. A solicitação, repassada por Zanardo, aos dirigentes é que preferencialmente os maiores vencimentos fossem cortados. Porém, a decisão é de cada comandante do setor.