Jogo na folga no calendário 10/02/2018 14h40

Avenida tem a visita do Pelotas no sábado

Jogo-treino serve para o elenco alviverde manter o ritmo antes de pegar o São José, na próxima quarta-feira. Entrada é gratuita

Os jogos da sexta rodada do Gauchão foram todos reprogramados deste fim de semana para o dia 11 de março, fechando a primeira fase. A folga para o Carnaval, no entanto, não significa no trabalho. Ao menos no Avenida, que fará um amistoso com o Pelotas na tarde deste sábado, a partir das 16 horas, no Estádio dos Eucaliptos. A entrada ao público é gratuita. A atividade da manhã, que envolveria os garotos da base contra o Linha Santa Cruz, foi cancelada.

O técnico Fabiano Daitx deve observar titulares e reservas do Periquito contra o Lobão, que disputará a Divisão de Acesso, a fim de manter todos em ritmo de jogo para o confronto com o São José, marcado para a quarta-feira que vem, às 19h30, no Passo d’Areia em Porto Alegre. O Avenida está na nona colocação do Gauchão, com cinco pontos obtidos em cinco partidas. O comandante alviverde planejava estar em uma situação melhor neste momento do campeonato.

“Pelo que a gente jogou até agora, o número de pontos está abaixo do que deveríamos ter feito, avaliando friamente os jogos. Agora, para a grandeza da competição, a nossa campanha está no limite. Temos que pontuar, buscar jogo a jogo. Sabemos da dificuldade que existe. Deixamos alguns pontos para trás que podem fazer falta ali na frente, para a classificação, e temos que melhorar nesse quesito, melhorar o nosso desempenho. Continuamos acreditando no grupo, que tem força”, enfatizou Daitx.

No empate por 2 a 2 com o Juventude, na última segunda-feira, o técnico escalou dois atacantes de velocidade – Felipe Tchelé e Welder – para reforçarem o setor que tem o centroavante Hyantony como referência mais na frente. Ele aprovou a formação mais ofensiva, mas ponderou que isso não é garantia de uma equipe mais poderosa e efetiva nas chances de gols. 

“Foi a nossa ideia desde o início ter mais um homem de velocidade. Mas, independente de quem estiver ali, temos condições de fazer o time ser um pouco mais ofensivo. Prefiro um time mais consistente defensivamente, mas o Avenida criou oportunidades (de gols) em todos os jogos”, observou.