Tricolor 05/11/2018 23h13 Atualizado às 08h13

G-4 e Renato Portaluppi são desejos de fim de ano do Grêmio

Com seis partidas para disputar na reta final do Brasileirão, direção tricolor investe em negociação a fim de manter o treinador

A vitória sobre o Atlético-MG no sábado, em Belo Horizonte, combinada com o empate entre São Paulo e Flamengo no domingo, em São Paulo, deixou o Grêmio a dois pontos do Tricolor paulista na briga por um lugar no G-4, área do Brasileirão que leva direto à fase de grupos da próxima edição da Copa Libertadores da América. Este é o objetivo da equipe gaúcha para dentro de campo neste fechamento de temporada. Fora dele, a direção gremista abre tratativas com Renato Portaluppi para manter o técnico no clube por mais um ano.

A renovação de contrato com o treinador é um assunto a ser conduzido diretamente pelo presidente Romildo Bolzan Júnior junto ao profissional e seu procurador, o santa-cruzense Gerson Oldenburg. Em sua terceira passagem pelo Grêmio como técnico, desde setembro de 2016, Renato comandou o time nas conquistas da Copa do Brasil daquele ano, da Libertadores da América do ano passado e do Gauchão e da Recopa Sul-Americana da atual temporada. Semana passada, o Tricolor gaúcho caiu diante do River Plate nas semifinais do principal torneio continental.

Outra renovação que está pendente sobre a mesa do Departamento de Futebol do Grêmio é a do contrato do zagueiro argentino Walter Kannemann, um dos pilares do sistema defensivo e do conjunto tático do time de Renato. O atual vínculo entre clube e jogador se encerra no fim de 2020, mas a intenção é ampliá-lo por mais duas temporadas, com incremento nos valores salariais e rescisórios. O elenco do Grêmio se reapresenta na tarde dessa terça-feira no CT Luiz Carvalho, de olho no confronto contra o Vasco da Gama no próximo domingo, às 17 horas, na Arena.