Economia 17/12/2018 10h14 Atualizado às 11h24

Impasse sobre valor de taxa adia pagamento de seguro DPVAT

Calendário previsto para iniciar nesta segunda-feira foi adiado até 26 de dezembro

O pagamento do Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos (DPVAT) que estava previsto para iniciar nesta segunda-feira, 17, vai ser adiado no Rio Grande do Sul. A data prevista para o início desta semana pelo Governo do Estado foi mudada por conta de um impasse a respeito do valor da taxa de emissão do documento. A mudança do calendário foi feita pelo Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) e a seguradora Líder, responsável pelas apólices obrigatórias.

LEIA MAIS: Seguro DPVAT terá redução média de 63% no próximo ano; veja os valores

Os preços do seguro, que foram divulgados no último dia 13 serão mantidos, acrescidos da taxa que será definida após o Natal, no dia 26 de dezembro. Mesmo com o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), os condutores precisam quitar também o seguro DPVAT para que o documento do veículo seja enviado.  

Confira a tabela de preços

  • Automóveis particulares / Táxis e carros de aluguel: de R$ 41,40 (2018) para R$ 12,00 (2019), redução de 71%;
  • Ônibus, micro-ônibus e lotação com cobrança de frete: de R$ 160,05 (2018) para R$ 33,61, redução de 79%;
  • Micro-ônibus com cobrança de frete, mas com lotação não superior a 10 passageiros, e ônibus, micro-ônibus e lotações sem cobrança de frete: R$ 99,24 (2018) para R$ 20,84, redução de 79%;
  • Ciclomotores: R$ 53,24 (2018) para R$ 15,43 ( 2019), redução de 71%;
  • Motocicletas e motonetas: R$ 180,65 (2018) para R$ 80,11, redução de 56%;
  • Máquinas de terraplanagem, tratores de pneus com reboques acoplados, caminhões ou veículos pick-up, reboques e semirreboques: de R$ 43,33 (2018) para R$ 12,56 (2019), redução de 71%.