Saúde da mulher 31/10/2019 13h55 Atualizado às 15h25

Sancionada lei que fixa prazo de 30 dias para diagnóstico de câncer

O texto é fundamentado no fato de que o tempo de identificação da doença impacta no tratamento e na chance de cura do paciente

O vice-presidente Hamilton Mourão sancionou lei que prevê que os exames para diagnóstico de câncer devem ser realizados no prazo de 30 dias, após a primeira suspeita do médico, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A medida foi publicada nesta quinta-feira (31) no Diário Oficial da União.

A lei foi assinada na quarta-feira, 30, por Mourão quando o vice ainda estava no exercício da Presidência, por ocasião da viagem do presidente Jair Bolsonaro.

O dispositivo altera a Lei 12.732/2012 que prevê 60 dias entre o diagnóstico e o início do tratamento do câncer em pacientes do SUS.

O texto foi aprovado pelo Senado no dia 16 de outubro e é fundamentado no fato de que o tempo de identificação da doença impacta no tratamento e na chance de cura do paciente.

LEIA MAIS: Diagnóstico precoce é arma contra o câncer de mama