Derramamento 14/11/2019 18h05 Atualizado às 20h26

Orla marítima de Rio Grande é atingida por vazamento de óleo

Cargueiro grego estava realizado processo de abastecimento quando derramamento ocorreu

Um vazamento de óleo atingiu a orla marítima de Rio Grande, no Sul do estado, na manhã desta quinta-feira, 14. O problema teria sido causado por uma embarcação grega que realizou um processo de abastecimento, por volta das 23 horas, na noite dessa quarta. De acordo com informações da imprensa da Capital, o cargueiro estava atracado no terminal da Termasa.

A Superintendência do Porto de Rio Grande (SUPRG) divulgou nota sobre o caso e estima que 2 a 3 metros cúbicos de óleo bunker teriam vazado, mas as causas do incidente não foram reveladas. O navio se chama Dimitrisn L, da empresa grega Vrontados. A área envolvida está entre o terminal da Termasa e Tecon. Nesta quinta, o órgão informou que foram utilizadas barreiras de contenção e barreiras de absorção do material nos locais com presença do óleo.

O Comando Ambiental da Brigada Militar (Patram) também realiza o monitoramento para saber a extensão da área atingida. Também atuam no local a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam), o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) e a Capitania dos Portos. O Centro de Recuperação de Animais Marinhos (CRAM) monitora a fauna da região e tem preocupação com os leões marinhos que ficam nos Molhes da Barra.