Setor do tabaco 16/06/2020 22h24 Atualizado às 06h55

Controladora da Alliance One entra com pedido de recuperação judicial nos EUA

Subsidiária brasileira não integra o processo e garante que sua operação não vai ser afetada

Uma das grandes empresas do setor de tabaco no planeta, a Pyxus International, que controla a Alliance One Brasil, anunciou na segunda-feira, 15, que entrou com um pedido de recuperação judicial. A empresa e quatro subsidiárias norte-americanas assinaram um acordo de suporte à reestruturação (RSA, na sigla em inglês) para renegociar dívidas com credores. O pedido, que teve ampla repercussão na imprensa internacional, foi protocolado nos termos do Capítulo 11 do Código de Falências dos Estados Unidos junto ao Tribunal de Falências, no estado de Delaware.

As subsidiárias incluídas no acordo são a Alliance One International, a Alliance One North America, a Alliance One Specialty Products e a GSP Properties. Procurada pela Gazeta do Sul, a assessoria da Alliance One Brasil informou que a empresa não se manifesta sobre o assunto porque a subsidiária brasileira não integra esse processo.

LEIA TAMBÉM: Gigante do tabaco quer começar a fabricação de vacinas em junho

Em comunicado distribuído nesta semana a fornecedores, a companhia alegou que a operação no Brasil não será afetada pela situação. O comunicado diz que não há previsão de interrupção das atividades e que os negócios “seguem normalmente”. “Não prevemos que essas ações tenham impacto em nossa situação financeira nem em nossas obrigações contínuas com nossos fornecedores e parceiros”, assegura. Ainda conforme o texto, a expectativa é que “o processo avance rapidamente e que a Pyxus saia do Chapter 11 em 60 dias”. A Alliance One Brasil mantém uma usina de beneficiamento e uma unidade de compra de tabaco em Venâncio Aires.

LEIA TAMBÉM: Empresas retomam a compra de tabaco na região


MAIS LIDAS