DISTANCIAMENTO CONTROLADO 13/07/2020 17h38 Atualizado às 06h50

Governo aceita recurso e região de Santa Cruz segue na bandeira laranja nesta semana

Região vizinha de Cachoeira do Sul teve a bandeira vermelha confirmada

O governo do Estado divulgou, em transmissão por vídeo, nessa segunda-feira, 13, a resposta aos 63 recursos apresentados por municípios ou regiões com relação ao mapa do distanciamento controlado para esta semana. A região de Santa Cruz, que na visualização preliminar, apresentada na sexta-feira, 10, estava na bandeira vermelha, teve o recurso aceito e poderá seguir com as regras da bandeira laranja – que já estão em vigor atualmente –, pelo menos até o início da próxima semana.

Ao divulgar a resposta aos recursos, o governo do Estado destacou que a região de Santa Cruz apresentou melhora na situação das hospitalizações, passando de 11 para sete, e uma queda nos registros de novos óbitos, de três para um. A maior preocupação é o aumento na proporção de casos ativos, com relação aos recuperados, o que sugere cuidado às autoridades locais.

A Procuradora-geral do Município de Santa Cruz do Sul, Tricia Schaidhauer, comemorou o acolhimento do recurso, mas lembrou que o sinal de alerta segue ligado. “Essa vitória, para nós, ao mesmo tempo tem um gosto doce e um doce amargo. Porque o fato de estarmos conseguindo permanecer na bandeira laranja por um recurso significa que, se não aumentarmos a cautela e cumprirmos os protocolos de distanciamento, de higiene, dificilmente conseguiremos fugir da bandeira vermelha”, explicou.

O presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo, Paulo Butzge, também avaliou a decisão do governo e destacou a qualidade do recurso apresentado pela região. “A bandeira vermelha traria muitas restrições para o comércio e a vida nas nossas comunidades, agravando a crise econômica. Fizemos um recurso com embasamento técnico e científico, destacando a boa estrutura de saúde da nossa região. Mas reforço a necessidade da população seguir colaborando, tomando todos os cuidados de prevenção e com a saúde de todos”, afirmou Butzge, que é prefeito de Candelária.

Mapa definitivo do modelo para a semana de 14 a 20 de julho

O mapa definitivo do distanciamento controlado para esta semana tem dez regiões na bandeira vermelha – eram 15 na versão preliminar. Os demais conjuntos de municípios estão na classificação laranja. As regiões de Cachoeira do Sul, Caxias do Sul, Novo Hamburgo, Palmeira das Missões, Passo Fundo e Taquara tiveram os recursos indeferidos por apresentarem um quadro mais grave nos indicadores de propagação de coronavírus e capacidade de atendimento em saúde. Com isso, ficarão com bandeira vermelha nesta rodada.

Somam-se a elas Porto Alegre, Canoas, Capão da Canoa e Pelotas, que já haviam sido classificadas com alto risco na semana anterior e não poderiam ter regressão na bandeira.

LEIA MAIS: ÁUDIO: Santa Cruz protocola recurso para evitar bandeira vermelha

Assista a live do governador:

No vídeo, Leite apresentou os dados mais recentes da Covid-19 no Rio Grande do Sul. O Estado confirmou, até a tarde desta segunda-feira, 13, 39.656 casos da doença, em 87% dos municípios. Deste total, 995 infecções foram fatais.

LEIA MAIS:
Mais 13 casos de Covid-19 são registrados em Santa Cruz
ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS


MAIS LIDAS