Pandemia 23/02/2021 14h37

Anvisa concede registro definitivo à vacina da Pfizer contra Covid-19

O imunizante é o primeiro a ter autorização para uso em massa no País, mas não foi adquirido ainda porque o governo federal não concorda com exigências do laboratório

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta terça-feira, 23, que aprovou o registro definitivo da vacina Comirnaty, da Pfizer/Biontech, contra a Covid-19. É o primeiro imunizante a ter autorização para uso em massa no País – a Coronavac (Sinovac/Butantan) e a Covishield (Oxford/AstraZeneca/Fiocruz), por enquanto, só possuem aval para uso emergencial.

A informação foi dada pelo presidente da agência, Antonio Barra Torres, em nota. O imunizante, no entanto, ainda não foi adquirido pelo governo brasileiro, que não concorda com exigências do laboratório. O Ministério da Saúde inclusive recorreu ao Palácio do Planalto pedindo ajuda para resolver o impasse e conseguir destravar a compra do imunizante.

LEIA TAMBÉM
Anvisa recebe pedido de registro definitivo da Comirnaty, vacina da Pfizer
Eventos adversos das vacinas estão dentro do previsto, diz Anvisa

Leia a íntegra da nota abaixo:

“Como Diretor-Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, informo com grande satisfação que, após um período de análise de dezessete dias, a Gerência Geral de Medicamentos, da Segunda Diretoria, concedeu o primeiro registro de vacina contra a Covid 19, para uso amplo, nas Américas. O imunizante do Laboratório Pfizer/Biontech teve sua segurança, qualidade e eficácia, aferidas e atestadas pela equipe técnica de servidores da Anvisa que prossegue no seu trabalho de proteger a saúde do cidadão brasileiro. Esperamos que outras vacinas estejam em breve, sendo avaliadas e aprovadas. Esse é o nosso compromisso.”

LEIA MAIS: ACOMPANHE A COBERTURA COMPLETA SOBRE O CORONAVÍRUS