Tricolor 09/07/2018 23h37 Atualizado às 07h56

Meia Douglas do Grêmio admite ter pensado em parar de jogar

Jogador foi submetido a duas cirurgias no joelho no ano passado

O ano passado foi o mais complicado na carreira do meia Douglas, do Grêmio. Em entrevista coletiva nessa segunda-feira, o jogador disse que pensou em abandonar os gramados, depois de ser submetido a duas cirurgias no joelho – uma em fevereiro e outra em outubro. Recuperado, ele voltou a atuar em jogos do Tricolor no Brasileiro de Aspirantes, campeonato da categoria sub-23 que pode ter até três jogadores de linha com idade superior a 23 anos. domingo passado, jogou no segundo tempo pelo time principal no amistoso com o Corinthians, em São Paulo.

“Após a segunda cirurgia cheguei a pensar em parar, sim. Mas isso foi breve e superei”, comentou. Ao ser questionado do motivo que o fez descartar a ideia, o meia brincou. “Na verdade tem muito jogador ruim, né? Então não tinha porque parar”, disse Douglas, que volta a vestir a camisa 10 do Grêmio, que vinha sendo utilizada por Cícero – o volante passa a atuar com  a 77.

Sobre a condição física, Douglas afirmou que está 100% recondicionado e precisará apenas de sequência para que possa render bem em campo. “Fisicamente, me sinto muito bem. Acredito que aguento os 90 minutos. O problema maior é o ritmo de jogo e o funcionamento durante a partida. Mas com o tempo, acabo ganhando”, garantiu. O primeiro compromisso oficial do Tricolor após o recesso para a Copa do Mundo da Rússia será na quarta-feira da próxima semana, quando enfrentará o Atlético-MG na Arena pela 13ª rodada do Brasileirão.

Barcelona anuncia Arthur, com multa de R$ 1,8 bilhão

O Barcelona anunciou oficialmente, nessa segunda-feira , a contratação de Arthur. O volante já havia se despedido do Grêmio na sexta-feira passada, mas dependia de detalhes burocráticos entre os clubes para ser confirmado. Além da operação, os espanhóis informaram o valor da multa rescisória do jogador no Camp Nou: 400 milhões de euros (cerca de R$ 1,8 bilhão).

De acordo com nota oficial do Barcelona, a contratação custou 31 milhões de euros (R$ 140,9 milhões). O informe confirma que o Grêmio ainda poderá receber mais 9 milhões de euros de bônus pelo desempenho de Arthur na Espanha, conforme ele atingir metas estipuladas, como, por exemplo, ser eleito melhor jogador do mundo. Aos 21 anos, o volante é aguardado na Catalunha para assinar contrato de seis temporadas. A viagem e a apresentação dele atrasaram por conta do visto de trabalho espanhol e a chegada deve acontecer até esta quarta-feira.

O comunicado oficial do Grêmio, na última sexta-feira, não detalhou o acerto feito com o Barcelona, mas confirmou que foram acordadas novas condições para saída de Arthur para a Espanha seis meses antes do previsto originalmente. Além disso, o Tricolor poderá jogar o Torneio Joan Gamper no ano que vem. Se o amistoso na Catalunha não ocorrer, também haverá ressarcimento por parte do Barcelona.

Arthur virou sensação no Grêmio em 2017 e em dezembro foi procurado pelo Barcelona. Em março deste ano, o clube espanhol assinou opção de compra do volante pelo valor de 30 milhões de euros (R$ 136,4 milhões na cotação atual), com apresentação prevista para janeiro de 2019, o que acabou sendo antecipado. Nos próximos dias, o Barça depositará 26 milhões de euros para quitar a opção de compra. A compensação financeira também será paga agora. (Folhapress)