Colorado 25/11/2017 20h45

Odair Hellmann é efetivado como treinador do Internacional

Três vezes como interino, ele terá a oportunidade de comandar a equipe pela primeira vez

Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Odair Hellmann terá a oportunidade de iniciar a temporada como treinador do Internacional
Odair Hellmann terá a oportunidade de iniciar a temporada como treinador do Internacional

Odair Hellmann foi efetivado como técnico do Inter para o próximo ano. Assim, o interino que saiu invicto em 2017 com quatro partidas assumirá pela primeira vez o comando oficialmente do time profissional. O anúncio do treinador para a temporada de 2018 foi feito pela diretoria colorada na entrevista coletiva concedida logo depois do encerramento da partida que selou o vice-campeonato do time na Série B, a vitória sobre o Guarani por 2 a 0 neste sábado, 25, no Beira-Rio.

Odair havia assumido a equipe em substituição a Guto Ferreira, demitido após sucessivos jogos com mau desempenho em campo. O vice-presidente de futebol do Inter, Roberto Melo, destacou as virtudes do novo comandante ao anunciá-lo. "Tem capacidade de mobilização, de transmitir para os atletas nos treinamentos o que ele quer que seja feito, e os atletas entenderem, acreditarem e levarem pra campo. É uma decisão que já vinha sendo pensada, formatada. Será nosso treinador para 2018", declarou.

Líder do vestiário em negociação para renovar seu contrato, D'Alessandro já havia demonstrado satisfação com a possibilidade de efetivação do técnico. Mesmo antes da confirmação formal de Odair no cargo, fez questão de elogiar o ex-interino. "É um cara de quem o grupo gosta,  conhece a história do Inter. Tem totais condições de ser o treinador", considerou o meia argentino.

Antes de estender o contrato do comandante da equipe para 2018, o Inter havia cogitado nomes como Roger Machado, que acabou no Palmeiras, e principalmente Abel Braga, com quem chegou a iniciar negociações. A direção colorada e o técnico não chegaram a acordo em relação a valores e no número de pessoas que viriam com a comissão de Abel.  Uma reunião entre o treinador do Fluminense e o presidente do clube carioca, Pedro Abad, definiu pontos que convenceram Abel a permanecer no Rio de Janeiro.


D'Alessandro não garante renovação de contrato

O Inter venceu o Guarani e está de volta para a Série A. Porém, nem os dois gols de Nico López foram suficientes para que o título viesse. O América-MG foi o campeão da Série B. Na saída de campo, D'Alessandro avaliou a temporada de 2017 e respondeu se irá renovar contrato com o clube. "Eu não renovei ainda. Vou sair amanhã de férias e vou fugir do planeta. Quero descansar. Foi um ano muito desgastante e complicado, tanto no emocional quanto no mental. Primeiro, quero descansar. O clube já sabe da minha vontade. Se for da vontade deles, vai acontecer o que tiver que acontecer. Não vai depender de dinheiro para eu ficar", disse.

Para o camisa 10 colorado, o Inter precisa pensar 2018 com o que passou neste ano. “Foi um ano de aprendizado para não voltar a cometer erros do passado”, advertiu ele, citando que, em 2016, uma série de equívocos acarretou no rebaixamento. “Conseguir rebaixar um clube tão grande como o Inter, não é só dentro do campo. É organização do clube”, afirmou. “Esse ano mudou um pouquinho. Entrou uma direção que melhorou a nossa estrutura”, salientou ele, projetando um crescimento na próxima temporada, com o novo CT, em Guaíba.