Gauchão 2018 21/01/2018 20h49

Odair Helmann elogia consistência da bola parada no Inter

Os três gols contra o Novo Hamburgo foram marcados em jogadas aéreas e a defesa ainda não sofreu gol

O Internacional venceu o Novo Hamburgo por 3 a 0 no Estádio do Vale, pela 2ª rodada do Gauchão, neste domingo, 21. Os gols foram marcados de cabeça. Além da eficiência do jogo aéreo ofensivo, a defesa também se destaca, já que segue invicta na competição.

O técnico Odair Helmann elogiou a força das jogadas aéreas da equipe. "É importante não sofrer gol. (Ainda mais para) Os zagueiros. A bola parada é uma fase importante. Você precisa trabalhar e ter uma bola parada muito forte. Sofremos, mas estivemos concentrados para suportá-la. Acredito no duelo, em estar ligado. Na bola parada ofensiva, há mais combinação", avaliou.

Nico López se destacou na partida diante do Novo Hamburgo
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

O vice de futebol Roberto Melo destacou as dificuldades no início da partida, que contou com reservas e estreantes, como foram os casos de Patrick, Ruan e Roger. Mas também exaltou a organização e rendimento obtido em Novo Hamburgo. "Vencer é sempre bom. Começar o campeonato com duas vitórias, é importante. Tivemos um bom rendimento. Uma vitória convincente, corremos poucos riscos. A equipe tinha muitos estreantes, campo molhado, isso aumenta um pouco o desconforto. Mas a equipe esteve sempre organizada. Sofreu um pouco, mas soube se portar", disse.

O goleiro Danilo Fernandes fez questão de elogiar a atuação do grupo colorado e comentou a importância do grupo estar entrosado para a longa temporada de 2018. "Vamos curtir a vitória, fizemos por merecer. Eu falei durante a semana que o grupo seria fundamental, porque temos que rodar o time neste começo de temporada. A vitória serve para dar moral para o grupo e mostrar a força que temos. Quem veste esta camiseta tem qualidade e precisa mostrar mostrar em campo", declarou.